Sinais de gravidez emascinal no início

O que é uma gravidez ectópica?

A gravidez ectópica é um estado anômalo incorreto para um corpo feminino - esta gravidez realiza um sério perigo, até um resultado mortal. Com o desenvolvimento certo da gravidez, a fruta está no útero, é a natureza do local para ele. Se o ovo de fruta for fixado em algum outro órgão, então é sempre uma patologia que requer cirurgia imediata. É por isso que se você notar os sinais de gravidez ectópica nos estágios iniciais, é necessário marcar uma consulta com o ginecologista. Afinal, quanto mais o feto se desenvolverá em tal estado - o pior, isso afetará sua saúde.

Tipos de gravidez ectópica

As gravidezes ectópicas têm nomes dependendo de onde a fruta está localizada. Tipos dessas gravidezes:

  • O ovário (ovo fertilizado não está no útero, mas permanece no espaço folículo);
  • Tubo (devido ao mau pavimento dos tubos uterinos, o embrião permanece em um dos tubos);
  • Abdominal (o embrião está na cavidade do peritônio);
  • crested (a fruta no canal cervico do útero);
  • Relação sexual (o embrião é anexado às conchas seros da cavidade abdominal);
  • Implantação em Rogue Rudimentares do útero (refere-se aos tipos mais perigosos de gravidez ectópica, há um sério risco de quebra do útero);
  • gravidez intersticial (a fruta no campo da interstício de tubos uterinos, um tipo muito raro de gravidez ectópica).

Gravidez ectópica, como toda patologia, tem seus próprios estágios de desenvolvimento. O que mais longe, quanto mais o mais maior, é para o corpo de uma mulher - por isso, se você perceber pelo menos alguns sintomas de gravidez ectópica em um mandato inicial, então nós vemos urgentemente para a recepção a um especialista. Esta é uma anomalia anormal mortal para o corpo de uma mulher, tão cautela pode ser negligenciada.

Veja também: "Gravidez emascinal em eco: causas, sintomas e tratamento".

Estágio do fluxo de gravidez ectópica

  • progressivo (ocorre em termos fisiológicos normais); O embrião como sua altura - aperta o pano ao redor, é possível quebrar esses tecidos e sangramento;
  • interrompido (interrompido de forma independente, pode causar uma ruptura do tubo de falópio); A fruta é infecção, intoxicação para o resto do corpo. Desse estado muitas vezes desenvolve peritonite;
  • Interrompido (até 6 semanas um aborto de drogas é possível, então a operação já está sendo necessária).

Uma gravidez ectópica, que no início dos fluxos, bem como a gravidez padrão - como o feto aumenta, pode causar um sério dano ao organismo feminino: o embrião como o crescimento - aperta o pano ao redor, o que implica a possibilidade de quebrar estes tecidos e ameaça sangramento interno. Depois de tal gravidez é interrompido espontaneamente - a fruta traz comigo infecção e intoxicação para o resto do corpo. Desse estado muitas vezes desenvolve peritonite. É por isso que é tão importante não muito tarde para identificar sinais de gravidez ectópica em termos precoces - pode salvar sua vida no sentido mais direto da palavra.

É muito importante identificar uma gravidez ectópica no prazo. Sinais deste estado determinam bastante. Portanto, com as menores suspeitas, entre em contato com um ginecologista, que pode salvar sua vida em um sentido literal.

Sinais de gravidez ectópica

Tentando responder à pergunta independentemente: "Há uma gravidez ectópica em que horas acontece?", A mulher está tentando encontrar as características distintivas desse estado. No entanto, isso é muito difícil de fazer.

E, no entanto, existem alguns sintomas de gravidez ectópica, o que pode encorajá-lo a virar com urgência para o ginecologista por um período de até 5-6 semanas:

  • atraso da gravidez;
  • aumento doloroso nas glândulas mamárias;
  • Toxicose do primeiro trimestre (náusea forte, acompanhada de impulsos vômitos).

Como determinar a gravidez ectópica?

Se você tiver uma gravidez ectópica, os sintomas indicarão a ocorrência do desenvolvimento do aborto ou outros cenários. A gravidez ectópica progressiva, na qual o feto está se desenvolvendo nos estágios iniciais relativamente normalmente, é estabelecido no decurso da pesquisa de ultrassonografia. O arranjo anormal do ovo fetal é mais frequentemente encontrado em medidas diagnósticas para identificar completamente outras condições patológicas.

Sinais de gravidez ectópica em termos iniciais:

  • A dor permanente não-neótica na parte inferior do abdômen pode informar sobre o alongamento do tubo uterino;
  • descarga menstrual com baixo teor com um teste de gravidez positivo (como qualquer alocação marrom e avermelhada fora da menstruação);
  • Dores semelhantes a agarrar no estômago - muitas vezes denota a ruptura do ovo;
  • Um sinal explícito da presença de hemorragia interna, devido à desintegração e morte do embrião, é uma forte fraqueza e uma palidez forte;
  • Se a gravidez ectópica em si foi interrompida por si só - as frutas decai, o que provoca inflamação na cavidade abdominal, que pode informar um rápido aumento na temperatura.

Gravidez emascinal em ultra-som

Tentando determinar os sintomas da gravidez ectópica em um mandato não vale a pena, porque são todos muito parentes. Para um diagnóstico mais preciso da gravidez ectópica, o médico indicará uma ultrassonografia de órgãos genitais femininos. Assim, o médico será capaz de ver a localização exata do embrião em seu corpo, entender suas dimensões - e escolha a melhor opção para se livrar do problema.

Causas da gravidez ectópica

O próprio fato da gravidez ectópica é um fenômeno bastante infrequente. Tal gravidez é apenas 2% de todas as gravidezes de tempo. Certifique-se de ter em mente que, para a ocorrência de tal patologia, uma vez que uma gravidez ectópica está presente pré-requisitos bastante sérios.

O embrião é anexado ao lugar de um corpo feminino que não é destinado a ele apenas se houver alguns obstáculos a uma natureza fisiológica a caminho do útero.

Variações desses obstáculos são bastante extensas:

  • inflamação dos corpos femininos com quem você enfrentou (sua conseqüência são picos que violam sua permeabilidade);
  • Processos inflamatórios em tubos e apêndices de phalópio, e é por isso que o seu lado interno é coberto com descargas mucosas, a partir do qual a sensibilidade das veias é destruída e começa a perder a sensibilidade das veias (de acordo com o total, os processos são congelados, que em um Estado normal promoveu o zigoto ao útero, que impede o ovo de fruta no útero);
  • Tumores de caráter diferente (eles podem sobrepor o caminho do embrião para o útero, empurrando-o para a cavidade abdominal);
  • Quaisquer desvios hormonais (síndrome do ovário policístico, distúrbios hormonais do ciclo e o trabalho da glândula tireóide podem contribuir para a cessação do movimento dos ovidíferos, como resultado da qual o ovo de fruta não será capaz de alcançar o útero);
  • O arranjo não-padrão dos órgãos (desvios da norma, que são imediatamente perceptíveis para o ultra-som e incluem uma dada mulher em um grupo de maior risco no surgimento da gravidez ectópica, sinais nos primeiros mandatos - a razão para venha urgentemente para inspecionar o especialista);
  • Transferiram doenças sexuais (eles violam a operação normal do corpo e muitas vezes têm suas conseqüências desagradáveis, como a aparência de aderências nos tubos de falópio);
  • Operações relacionadas a órgãos genitais femininos (incluindo abortos no passado).

Mostra uma gravidez ectópica de teste?

O corpo da mãe percebe que o embrião se originou - não, de outra forma, como um objeto alienígena, que pode levar uma ameaça. É por isso que proteger o embrião de um possível ataque de imunidade, o corpo é reconstruído.

HGCH para a gravidez ectópica: como é a reestruturação

  • Desde a concepção no sangue, o nível de gonadotropina coriônica (HCG) - hormônio está crescendo, afetando diretamente o que o corpo amarelo da gravidez amadurece no ovário;
  • A progesterona hormonal, que produz um corpo amarelo, pára a ovulação e pára o ciclo (é por isso que as descargas menstruais são interrompidas durante a gravidez);

Durante a ocorrência de gravidez ectópica, tudo está acontecendo. A única diferença explícita é o nível oscilante de HCG (na morte do embrião, o HCG diminui nitidamente). Em vista disso, mensalmente cessou durante a gravidez ectópica - assim como ocorre com a gravidez padrão. Às vezes, pode haver sangramento pequeno, mas eles não coincidirem com os dias do alegado mensal, e aparecem caoticamente. Este é um dos sinais explícitos da gravidez ectópica nos estágios iniciais - portanto, você deve ter pelo menos alerta.

O teste mostrará a presença de gravidez ectópica? Depende do conjunto de fatores. Na maioria dos casos, o HCG sobe para um nível muito alto a 5-6 semanas - por esse motivo, as duas listras clássicas serão afetadas no teste. Exatamente o mesmo que mostra com gravidez padrão. No entanto, se a gravidez ectópica congelou ou interrompida - o teste pode mostrar e resultados negativos. Se você fez testes para identificar a gravidez em diferentes períodos - e cada vez que os resultados diferentes, esta é uma razão para ir urgentemente ao ginecologista e fazer ultrassonografia de órgãos femininos. Um teste negativo após vários testes positivos, que foram realizados antes - podem significar a morte do feto. Isso também é evidenciado pela maior temperatura, fraqueza, que é incomum para você palor. Com uma gravidez ectópica, muitas vezes ocorre tal cessação espontânea da vida natural do embrião e, se você não perceber isso - então você tem um risco sério de infectar o corpo com produtos de decomposição de embriões.

Existem menstruação durante a gravidez ectópica?

Paradas mensais assim como esta ocorre durante a gravidez padrão. Às vezes, pode haver sangramento pequeno, mas eles não coincidirem com os dias do alegado mensal, e aparecem caoticamente. Este é um dos sinais explícitos de gravidez ectópica nas reviravoltas e deve ser pelo menos alerta.

Gravidez ectópica: conseqüências

Para a gravidez ectópica, a cessação espontânea da atividade vital do embrião ocorre. Comida Você não vai notar isso - você tem um sério risco de infecção com o corpo de decomposição do embrião.

Temperatura basal para gravidez ectópica

Na primeira fase do desenvolvimento de células óvulos, não há diferenças entre a gravidez ectópica e ordinária: os indicadores basais de temperatura variam de 36,2 a 36,5 ° C. Indicadores em períodos de ovulação e concepção também não diferem: primeiro há uma diminuição e, em seguida, aumentar para 37-37,5 ° C.

Diferenças podem ser observadas um pouco mais tarde. Com uma implantação normal de um ovo fetal no útero, que acontece em 7 a 10 de julho após a saída celular, deve ocorrer uma diminuição da temperatura. Nos valores da temperatura basal durante a gravidez ectópica não ocorre. No entanto, este é um argumento fraco para comparação, já que tudo depende das características individuais de uma mulher.

No entanto, deve estar ciente de que a diminuição da temperatura indica uma diminuição no nível de progesterona no sangue e pode atuar como um sinal de um feto congelado por um período de 1 mês ou na semana 5. No caso do desapego do feto ou quebrando o local de fixação, além da forte dor na parte inferior do abdômen e corrimento escura, um aumento do testemunho de temperatura acima de 37,5 ° C é registrado, e às vezes até 38 ° C . Isso é explicado pelo processo inflamatório devido ao abundância de sangue.

Eliminação operacional da gravidez ectópica

Um embrião de uma mulher, que está incorretamente localizado dentro de sua cavidade abdominal ou em um dos tubos - alas, talvez apenas a maneira operacional. O método de eliminação operacional dessa patologia depende inteiramente de que horas você detectou a presença de gravidez ectópica, e é por isso que tentar prestar atenção a todos os sinais de gravidez ectópica nos primeiros estágios que você notará.

- Doutor da categoria mais alta, ginecologista, reprodutologista candidato de ciências médicas!

Gravidez ectópica: operação e suas opções

O mais muitas vezes uma mulher está preocupada com a pergunta: "Se eu tiver uma gravidez ectópica, quanto tempo durou uma operação?". A duração da operação depende da duração das manipulações diagnósticas e da condição do paciente, mas em média varia de 15 a 60 minutos.

  • A opção mais bem sucedida é se uma gravidez ectópica é detectada em um estágio inicial, quando os tubos uterinos não estão quebrados, não deformados e danos graves ainda não se aplica. Com esta variante, uma operação laparoscópica é atribuída, na qual a incisão é feita não mais de 1,5 cm (o embrião no processo é excluído, o ovagem é então costurado).
  • Opção menos bem sucedida, mas ainda não o mais perturbador - isto é se a fruta já causou uma deformação impressionante pelo corpo, então o germe é removido junto com o tubo de falópio, ou mesmo junto com o ovário (no entanto, uma mulher tem o oportunidade de engravidar e levar o bebê normalmente).
  • A opção mais desfavorável é se a lacuna de tubo de phallopy já tiver ocorrido - porque forte sangramento interno é capaz de morte. Há também um risco significativo de peritonite, que pode ter sua conseqüência da sepse. É por isso que é tão importante no tempo de notar os sintomas da gravidez ectópica cedo!

Após a operação - uma mulher necessariamente prescreve procedimentos de restauração:

  • o curso dos antibióticos (a fim de evitar a probabilidade do desenvolvimento da infecção pós-operatória);
  • O curso dos queda, onde será introduzido soluções intravenosa isotônicas para restaurar o equilíbrio mineral da água no corpo;
  • O curso de preparações de enzima (a fim de evitar a possível formação de aderências no tubo, que foi operada).

Gravidez normal após gravidez ectópica

Devido ao fato de que os ovários e ovos estão localizados no organismo feminino em dois, então a mulher tem a oportunidade de engravidar mesmo depois de remover um dos tubos uterinos. No entanto, qualquer intervenção cirúrgica (mesmo uma operação que não deixe traços perceptíveis no corpo) é um estresse sério para o organismo feminino. Para a recuperação normal, será exigido de seis meses, até o ano - e durante este período, é categoricamente repetido tentando engravidar. O corpo leva o tempo para restaurar o nível do epitélio e estabelecer um fundo hormonal preocupado com a operação.

Os seguintes procedimentos de substituição são recomendados:

  • É obrigatório realizar um curso de fisioterapia, o que contribui para o obstáculo à formação de adesões e contribui para o fortalecimento da saúde das mulheres;
  • Seis meses após a operação, recomenda-se ir a um sanatório ou na base de recreação (ar fresco e emoções brilhantes criarão um plano de fundo favorável para a gravidez futura);
  • É necessário ser estritamente protegido em todo o mínimo do ano após eliminar a gravidez ectópica.

A seguinte concepção deve ocorrer pelo menos em um ano, após o qual você dirige imediatamente ao médico para ver um médico, para fazer um ultra-som e seguir cuidadosamente o progresso adicional da gravidez até o parto. E prestar atenção aos possíveis sintomas da gravidez oitenta cedo! Lembre-se de que está em um estágio inicial que a patologia é mais fácil de ser eliminada e você pode evitar danos sérios ao corpo.

Sinais para gravidez ectópica

Sinais de gravidez da caverna, de acordo com as avaliações das mulheres que passaram por essa condição, serão difíceis de deixar despercebidas. O que deve prestar atenção para evitar complicações muito terríveis? Quais são os primeiros sinais de gravidez ectópica antes do atraso da menstruação? Vamos discutir neste artigo.

Como a gravidez começa?

A célula sexual feminina - a célula de ovos após a fertilização cai na cavidade uterina no tubo uterino e é anexada em sua membrana mucosa para o desenvolvimento subseqüente no embrião, e depois a fruta. Este processo é chamado de "implantação". Às vezes, nesse mecanismo, há uma falha, e neste caso, o ovo de fruta pode ser adquirido no lugar "incorreto". Um ovário, tubo uterino de mulheres pode ser realizado como tal lugar, e às vezes até a cavidade abdominal. Isso é chamado de gravidez ectópica. Esta condição ameaça a saúde e às vezes a vida de uma mulher. É uma pena, nenhuma mulher não pode ser segurada contra a gravidez ectópica. Como reconhecê-lo nos primeiros estágios, Quais sinais de gravidez ectópica existir. Que tipo de sintomatics deve prestar atenção?

O que é uma gravidez ectópica? Sintomas e sinais são estados. O que está acontecendo?

A gravidez ectópica tem uma natureza patológica, devido ao "erro" do processo, e ser mais preciso - "não pagamento" do óvulo fertilizado para a região do útero. Em virtude de certas razões, após a fertilização, a célula de ovos é anexada fora do útero, onde seu curto período de desenvolvimento começa.

Dependendo do lugar onde o ovo da fruta é fixado, uma gravidez ectópica é dividida em:
  • tubular (anexado em um tubo phallopyan);
  • ovariano (anexado no ovário);
  • Abdominal (prende uma cavidade imperiosa);
  • Gravidez ectópica, que se desenvolve em um rog rudimentar do útero (raramente acontece).

A ordem nesta lista de tipos corresponde à frequência a partir dos quais ocorrem casos de patologias. Além disso, na prática da medicina, há outro tipo extremamente raro (felizmente) de gravidez ectópica, que é chamado de gravidez heteroscópica. Nesta situação, estamos falando de normal e uterina e, ao mesmo tempo, sobre gravidez ectópica. Neste caso, a mulher tinha uma ovulação imediatamente com dois ovos em um mês de um mês, e dois já fertilizados. No entanto, um dos ovos de frutas presos, como deveria ser, no útero, e o segundo - no lugar errado para ele, ovário, tubo ou algum outro.

Se você não definir mais ectópica Gravidez em características, as conseqüências disso podem ser Extremamente sério - da plena infertilidade, até a morte de uma mulher. Embora o embrião geralmente congele com a gravidez ectópica, seu desenvolvimento ainda não é excluído. E uma vez que não é absolutamente destinado a nulling o feto do tubo fetal e não é capaz de se esticar junto com o crescimento do embrião, a um determinado ponto acontece sua lacuna. Em tal situação, a hospitalização de emergência e a intervenção cirúrgica urgente devem ser feitas.

Com a identificação oportuna de patologia, o ovo da fruta pode ser removido, incluindo não cirurgicamente, mantendo a possibilidade de uma mulher à ocorrência da gravidez e ao ferramental normal do bebê no subseqüente.

Primeiros sinais de gravidez ectópica

Muitas vezes, uma gravidez ectópica tem certos sintomas e sinais: um atraso de menstruação, mal-estar, definição de teste, um pequeno inchaço das glândulas mamárias, dor. Mas, infelizmente, a gravidez normalmente fluida tem todos esses sintomas e Sinais de gravidez ectópica . O fórum dedicado a este estado é a confirmação. A patologia da implantação é com sucesso "mascarada" sob a gravidez convencional normal. Portanto, muitas vezes determine Gravidez ectópica De acordo com os sinais e sintomas descritos acima, é muito difícil.

Ectópico, bem como normal, acompanha o atraso no meio mensal e inchaço do peito. Uma mulher pode sentir toxicose precoce (náusea) e outros sintomas que são característicos da concepção. O teste comprado na farmácia também mostrará duas bandas, em confirmação da precisão. A única nuance bastante sutil da diferença, que indica o fato de que o processo não está acontecendo - este é o brilho das bandas no teste. De acordo com muitas mulheres que enfrentaram, com essa patologia, a segunda faixa no teste é muitas vezes mais leve. Este é um dos Primeiros sinais de gravidez ectópica . No fórum, você pode ler que muitas vezes esse teste causou uma suspeita da "irregularidade" do processo.

Além disso, as bandas no teste às vezes são muito brilhantes inicialmente, no entanto, tornando-se cada vez mais leve e brilhante entre si. Ou seja, os primeiros sinais de gravidez ectópica após o atraso podem ser revelados por gastar vários testes de gravidez com alguns intervalos. No entanto, é importante entender que isso não é o caminho mais confiável. Nenhum caso raro em que a segunda faixa não se manifestou, isto é, o teste demonstrou que a mulher não está grávida. Assim, quando você sente todos os sintomas característicos da gravidez, e o teste diz o oposto, há uma razão para suspeitar de um ectópico.

Apesar do fato de que a menstruação durante o ectópico cessa, como na gravidez normal, ao mesmo tempo, o patológico está geralmente acompanhando pequenos sangramentos ou separações de gás sanguíneo da vagina. Além disso, tal estado também é inerente à síndrome da dor: sensações dolorosas para a gravidez ectópica parecem mais frequentemente no fundo do abdômen ou na parte inferior das costas. Para ser mais preciso, a dor é manifestada no lugar onde a fixação do óvulo fertilizado aconteceu.

Recursos ansiosos que sinalizam a provável gravidez ectópica também são tontura, mal-estar geral, em alguns casos até desmaiar. Quando uma mulher revelou o primeiro Sinais de gravidez ectópica antes do atraso da menstruação Ou depois disso - é necessário contatar urgentemente o conselho das mulheres. Apenas um médico pode confirmar ou refutar essas suspeitas.

Gravidez Emascinal: Sinais, Prazos

Os sinais listados acima são característicos não apenas para a gravidez ectópica, mas também normal. Portanto, é possível determinar exatamente o ovo fertilizado "resolvido" fora do útero, apenas com a participação de um médico. Além dos primeiros sintomas já mencionados acima, o que pode agitar bem sinais de "comum", toxicose também pode indicar sobre a gravidez ectópica. No entanto, não a presença de toxicose em si (vômito e náusea - são freqüentes satélites da gravidez normal), e amplificando-se gradualmente manifestações: se houver uma condição patológica, este fenômeno é pronunciado e se torna mais forte com o tempo. Ao mesmo tempo, a dor no abdome inferior é aumentada, depois de alguns dias, eles já estão misturados com espasmos fortes e dor aguda.

Em algumas situações, uma mulher pode aumentar a temperatura corporal, diminuir a pressão arterial. Ao mesmo tempo, o nível de hemoglobina é reduzido, às vezes até tal ponto que a anemia se desenvolve. Quando aparência Sinais de gravidez ectópicos , O teste de sangue HCG demonstra concentrações não correspondentes desse hormônio da gravidez. Este indicador é uma evidência explícita da presença de patologia.

Além disso, se você tiver Sinais de Ultrassonografia de Gravidez ectópica Certifique-se de ser realizada. A presença de um líquido livre atrás do útero, bem como a ausência de um feto, indicam patologia.

Se houver pelo menos um dos sinais mencionados acima, também é observado sangramento anormal, em primeiro lugar, uma mulher de vitalmente visitar urgentemente o ginecologista. Quando a patologia de implantação não é diagnosticada a tempo, o tubo PhallopyHeye pode acontecer no futuro. Neste caso, há um sangramento interno na região do peritônio, dor mais forte, desmaio e choques de dor são as conseqüências da gravidez ectópica de Cessant. Neste caso, sem opções, uma mulher precisa realizar uma operação. Neste caso, a probabilidade de infertilidade no futuro aumenta às vezes. E na ausência de cuidados médicos oportunos em quebrar o ovário ou tubos - e em geral o risco de morte.

Gravidez de Emascus: Como posso reconhecer os sintomas com o desenvolvimento subseqüente da gravidez?

Como revelar independentemente os sintomas da gravidez ectópica, de modo a não perder o precioso tempo, por um lado, e por outro - não suspeitar da presença de um problema inexistente? Então, resumir de todos os precedentes: sinais de gravidez ectópica antes de atraso Quanto depois, geralmente correspondem ao normal. O primeiro sintoma é o atraso da próxima menstruação. Além disso, contra o fundo do atraso, há provavelmente a aparência de selos de gás sangrando, que é característico de interromper a gravidez comum. Acontece que a menstruação ocorre a tempo ou com um pequeno atraso, mas a perda de sangue é mais escassa.

Outras características incluem a aparência da síndrome da dor: as dores são localizadas na parte inferior do abdômen, mais fortes na área do tubo uterino, onde o ovo fixo. No início da dor, eles têm um personagem afiado, mas ao longo do tempo eles se tornam mais afiados, "atirando", espasmáticos, fortalecem e cobrem todo o estômago. No caso de uma ruptura do tubo uterino, que geralmente está acontecendo a tempo com o sexto para o décimo da semana da concepção, uma dor aguda parece na parte inferior da barriga ou à direita. Tal condição é caracterizada por hemorragia interna, que ameaça a vida uma mulher.

Visão geral

Gravidez ectópica (gravidez ectópica) - Egg de anexo (implantação) fertilizado (zigotos) fora do útero, geralmente em um dos tubos uterinos.

Com uma gravidez normal, os espermatozóides fertilizam o ovo em um dos tubos uterinos que conectam o útero com os ovários. Então o ovo fertilizado cai no útero, preso à sua membrana mucosa (endometrial), começa a crescer e se desenvolver.

Em sinais de gravidez ectópicaCom uma gravidez ectópica, a Zygota é implantada fora do útero, na maioria das vezes em um dos tubos uterinos (gravidez na tubulação de T. N. Pipe). Isso geralmente é devido ao dano ao tubo ou aos prejuízos de sua função. Menos frequentemente (cerca de 2% dos casos) Um ovo é ligado ao ovário, permanece na cavidade abdominal ou desce para o colo do útero.

Embora a gravidez ectópica progrida (desenvolvimento), não causa nenhuma reclamação perceptível e é encontrada apenas durante um teste de gravidez simples. No entanto, a maioria das mulheres é convidada por assistência médica, quando a gravidez é quebrada e expressa sintomas aparecem. Isso geralmente acontece em um período de 5-14 semanas.

O nascimento de uma criança como resultado da gravidez ectópica é impossível, e a perda do feto pode ser um golpe pesado para uma mulher. Mas se a gravidez ectópica não interromper, o desenvolvimento do ovo pode levar à ruptura do tubo uterino, que é acompanhado por abundante hemorragia interna, risco de vida.

Na maioria das vezes, a gravidez ectópica ocorre em mulheres com mais de 35 anos. Em nosso país, essa patologia ocupa 5-6 lugar entre as causas da mortalidade materna e ocorre aproximadamente 2% dos casos de todas as gravidezes.

Sintomas de gravidez ectópica

O único sinal de gravidez ectópica nos primeiros prazos pode ser um atraso na menstruação. Nesta fase, é possível identificar a patologia apenas durante o ultra-som. Normalmente, os sintomas são manifestados na 5-14ª semana de gravidez, quando a fruta atinge um certo tamanho e as quebras de tubo uterina ou o aborto tubular é a rejeição do feto.

Sinais de ruptura do tubo uterino:

  • dor aguda severa;
  • tontura e estado pré-corrupto;
  • nausea e vomito;
  • diarréia;
  • Dor no ombro.

Dor, por via de regra, surge de um lado do abdômen, e pode ser extremamente intenso. Às vezes, a perda de consciência é acompanhada. A dor é intensificada ao urinar e esvaziar os intestinos. Também parece escuro, menos muitas vezes brilhante descarga sangrenta vermelha da vagina. O sangramento pode não ser permanente. Algumas mulheres o levam pelo início da menstruação e não sabem o que estão grávidas.

Sinais típicos de gravidez

A gravidez ectópica é acompanhada por mudanças hormonais inerentes à gravidez normal, e, portanto, seus sintomas característicos em um estágio inicial:

  • náusea;
  • sensações dolorosas em glândulas lácticas;
  • atraso da menstruação;
  • a participação das necessidades de micção;
  • Fadiga aumentada.

Um teste de gravidez pode mostrar um resultado positivo, mesmo que a gravidez seja ectopada.

A dor abdominal pode dar ao ombro. Geralmente ocorre na posição deitada e indica sangramento interno causado pela gravidez ectópica. Acredita-se que durante o sangramento, irritação de um nervo diafragmal, localizado no músculo, que separa a cavidade torácica do abdominal e participa do processo de respiração. A irritação do nervo do diafragma causa dor refletida na articulação do ombro.

A gravidez ectópica às vezes tem sintomas semelhantes com uma doença do trato gastrointestinal, em particular, acompanhado de diarréia e vômito.

O sintoma mais severo da gravidez ectópica é o choque. Ocorre quando o tubo uterino está quebrando e subseqüente hemorragia interna. Sinais de choque - tontura e desmaio. Os seguintes sintomas também podem ocorrer:

  • dor aguda súbita no abdômen;
  • náusea;
  • Heartbearance;
  • palidez;
  • diarréia.

A ruptura do tubo uterino requer cuidados médicos imediatos.

Chame uma ambulância chamando 03 de um telefone fixo, 112 ou 911 - de um celular se tiver sangramento e dor abdominal grave depois de atrasar a menstruação.

Em casos muito raros, a ruptura do tubo de falópio leva à morte, no entanto, com atendimento médico oportuno, o sangramento pode ser parado e restaurar ou excluir o tubo uterino danificado.

Causas da gravidez ectópica

Responda a pergunta Por que uma gravidez ectópica surgiu nem sempre é bem-sucedida. Acredita-se que na maioria das vezes a causa se torna a função dos uterinos (tubos de phallopy). Sob a ação de vários fatores, o ovo fertilizado pode não chegar ao útero e está anexado no tubo. O comprimento do tubo uterino é de cerca de 10 cm, a partir do interior é coberto com milhões de células com movimento vil - cílios. Em caso de dano ao tubo uterino (sua obstrução ou estreitamento), Cilia não pode entregar um óvulo ao útero, e a gravidez se desenvolve no tubo uterino.

Os fatores de risco mais comuns da gravidez ectópica são descritos abaixo.

Doença inflamatória dos pequenos órgãos da pelve. Esta é uma infecção bacteriana dos órgãos do sistema reprodutivo feminino. Normalmente a inflamação começa com uma vagina ou cervix e se aplica aos genitais acima mencionados.

A causa de doenças inflamatórias - bactérias, mais frequentemente na clamídia, que podem ser infectadas durante uma relação sexual desprotegida. Muitas vezes, a clamídia não tem sintomas, e a mulher não sabe sobre a doença, mas as bactérias podem causar inflamação de tubos uterinos (salpintite), o que aumenta o risco de gravidez ectópica quatro vezes. Leia mais sobre sinais e diagnóstico de clamídia.

Transferido gravidez ectópica. Se no passado você tivesse uma gravidez ectópica, o risco de reentidade aumenta e varia de 10% a 25%, dependendo de suas razões iniciais.

Consulte um ginecologista quando você pode planejar a próxima gravidez após a gravidez ectópica. Por via de regra, esta questão é resolvida individualmente. Na maioria das vezes, recomenda-se esperar 2 ciclos menstruais completos para que os tubos uterinos possam recuperar totalmente. Após o tratamento do metotrexato, este período é geralmente aumentado para 3 meses. Mas mesmo depois desse tempo, nem todas as mulheres são psicologicamente prontas para uma nova tentativa.

As chances de gravidez bem-sucedida dependem do estado dos tubos uterinos. Em média, 65% das mulheres podem engravidar depois de um ano e meio. Se a concepção é impossível da maneira usual, o tratamento de infertilidade é proposto, por exemplo, a fertilização extracorpórea (ECO) é a fertilização do ovo no tubo e seu transplante cirúrgico subseqüente no útero.

Operação transferida. O risco de gravidez ectópica aumenta as operações transferidas nos tubos de falópio, especialmente:

  • Esterilização das mulheres (doping, ou bandagem, tubos uterinos) - cerca de 0,5% dos casos, a operação acaba por ser ineficaz, a mulher pode engravidar, e o zigoto é anexado fora do útero;
  • Operação para eliminar a gravidez ectópica no passado.

Tratamento da infertilidade. Preparações que estimulam a ovulação (saída de ovos do ovário) aumentam o risco de gravidez ectópica aproximadamente 4 vezes. A fertilização extracorpórea (ECO) nem sempre é efetivamente e também pode levar a um arranjo incorreto do embrião (embrionário). De acordo com estatísticas, isso ocorre em cerca de 1 caso de 22.

Contracepção. A hélice intrauterina é muito eficaz (99-100%) em gravidez preventiva, mas se, ao usá-lo, a gravidez ainda vem, provavelmente será ectópica. O mesmo resultado é possível ao usar a contracepção oral de emergência em caso de ineficácia.

Outros fatores de risco:

  • abortos;
  • tumores e anomalias do desenvolvimento de órgãos genitais, incluindo tubos uterinos;
  • Fumar - o risco de gravidez ectópica em mulheres fumantes é duas vezes mais alto que não fumadores;
  • Idade mais de 35 anos.

No entanto, cerca de metade dos casos de fatores de risco óbvios não são.

Diagnóstico de gravidez ectópica

Diagnosticar a gravidez ectópica com base nos sintomas não pode ser indicado apenas para algumas outras doenças. Após o atraso na mensalidade e ausência de queixas de dor e sangramento, o médico conduzirá um exame geral e prescreverá um teste de gravidez. Na presença de sinais característicos de gravidez durante uma inspeção e um resultado positivo do teste, você será enviado para um exame adicional.

Análise HCG. Após atrasos mensalmente e suspeita de gravidez, um exame de sangue sobre a concentração de gonadotropina coriônica (HCG) - hormônio produzido pela placenta é prescrito. A concentração de HCG durante a gravidez ectópica aumenta menos do que no arranjo normal do embrião no útero. A concentração reduzida de HCG também indica o risco de aborto espontâneo.

Ultrassonografia transvaginal. Para diagnosticar a gravidez ectópica, é nomeado um estudo de ultra-som transvaginal (ultra-som), no qual a imagem do sistema reprodutivo é criada usando ondas ultra-sônicas de alta frequência. Uma pequena sonda é introduzida na vagina, com a qual é obtida a imagem detalhada do útero e os tecidos circundantes. Isso geralmente permite determinar o tipo de gravidez.

Laparoscopia. Para confirmar o diagnóstico, a laparoscopia é às vezes atribuída - inspeção direta de tubos útero e uterinos usando um laparoscópio (tubo óptico), que é introduzido dentro através de uma incisão na parede abdominal. A operação é realizada sob anestesia geral (sob anestesia).

Tratamento da gravidez ectópica

Com a gravidez ectópica, é impossível manter o feto. O objetivo do tratamento é interromper a gravidez, se possível, mantendo a função reprodutiva de uma mulher. Opções para tratar quando uma gravidez ectópica é detectada para a ruptura do tubo uterino:

  • Tratamento de drogas - Drogas são prescritas, por exemplo, metotrexato, impedindo o desenvolvimento de um óvulo fertilizado;
  • Operação cirúrgica para remover o ovo fertilizado.

Consulte o seu médico sobre os riscos e as vantagens de cada método de tratamento.

Metotrexat para gravidez ectópica

O desenvolvimento da gravidez ectópica em um estágio inicial pode ser interrompido usando a medicação metotraxada que impede o desenvolvimento de células embrionárias. É adequado nos seguintes casos:

  • A fruta não excede 3,5 cm de diâmetro, não há batimento cardíaco;
  • Não há dor forte;
  • O nível HCG está abaixo de 1500 UI \ l;
  • Sem gravidez intrauterina (confirmada pelo ultra-som).

Contra-indicações:

  • uma doença que enfraquece a imunidade, por exemplo, diabetes;
  • doença sanguínea, acompanhada de uma diminuição no número de glóbulos, por exemplo, anemia;
  • doença hepática;
  • doenca renal.

Durante o tratamento para a condição da mulher, os médicos seguidos cuidadosamente, depois de tomar medicação, os exames de sangue são conduzidos. O metotrexato é introduzido na forma de injeção intramuscular na nádega, com menos frequência - duas vezes.

Depois disso, é necessário usar um método confiável de contracepção por 3-6 meses (dependendo do número de injeções), uma vez que o metotrexato aumenta o risco de atraso de desenvolvimento de uma criança, se a concepção ocorresse logo após tomar medicação. Também é necessário abster-se do uso de bebidas alcoólicas para a permissão do médico, já que o álcool pode danificar o fígado em combinação com metotrexato.

O efeito colateral mais comum do metotrexato - dor abdominal que aparece 1-2 dias após tomar medicação. Por via de regra, a dor é moderada e é executada após 24-48 horas.

Outros efeitos colaterais:

No quarto e no sétimo dia após ter recebido o metotrexato, os exames de sangue são geralmente atribuídos. Se eles não mostram uma redução significativa na concentração de HCG, recomenda a remoção cirúrgica do ovo fetal.

Após o tratamento com um metatexato, mesmo com uma diminuição na concentração de HCG, o risco de uma pausa uterina ainda é preservada e é de cerca de 7%, por isso é necessário seguir a aparência de sintomas potenciais e, se necessário, ambulância.

Operação cirúrgica com gravidez ectópica

O método mais comum de eliminar a gravidez ectópica é uma operação cirúrgica, como regra, laparoscópica (operação mínima de intervenção). Neste caso, a câmera e os instrumentos cirúrgicos são introduzidos nele através de uma pequena incisão na parede da cavidade abdominal. A operação é realizada sob anestesia geral (você vai dormir). Por via de regra, se o segundo tubo uterino parecer saudável, o tubo uterino com um óvulo fertilizado deve ser removido (isto é chamado de salpingectomia). Este é o método mais eficaz de tratamento que não reduz as chances de engravidar no futuro.

Às vezes, a laparoscopia começa como um procedimento de diagnóstico para detectar ou eliminar a gravidez ectópica. E se o diagnóstico for confirmado, a operação se expandir para terapêutica - é possível remover o ovo fetal ou o tubo uterino. Em geral, o médico deve dizer sobre a probabilidade de um procedimento duplo com antecedência e trazer consentimento para a remoção de tubos em caso de necessidade.

Você pode mais ceifar o hospital dentro de alguns dias após a operação, embora a recuperação completa possa levar até um mês.

Ao quebrar o tubo uterino, é necessária uma operação de emergência. O cirurgião fará uma incisão no estômago (isso é chamado de laparotomia) para parar o sangramento e, se possível, restaurar o tubo uterino.

Se você tem um fator rhesus negativo, após a cirurgia, você precisa fazer uma imunoglobulina anti-conversão para evitar complicações durante a gravidez subsequente com um conflito rhesus.

Após a eliminação da gravidez ectópica, você deve chegar a um exame repetido para discutir com um médico uma série de perguntas:

  • a possibilidade de obter assistência psicológica;
  • O efeito da gravidez ectópica e seu tratamento na capacidade de conceber;
  • Quando você pode novamente tentar engravidar (e é possível);
  • O que fazer se os tubos uterinos foram danificados ou excluídos.

Complicações da gravidez ectópica

A detecção e o tratamento da gravidez ectópica no início da hora possibilitam reduzir o risco de complicações. Alguns deles são descritos abaixo.

Gravidez ectópica repetida. Ao desenvolver e crescer, o ovo de frutas danifica o tubo uterino. Quanto mais tarde a gravidez ectópica será descoberta, maior o risco de danos irreversíveis aos tubos uterinos, o que perturba ainda mais a permeabilidade e aumenta a probabilidade de gravidez re-ectopia.

Quebra de tubo de energia. A consequência da gravidez ectópica pode ser uma ruptura do tubo de falópio, que é acompanhado por abundante sangramento interno. Com grande perda de sangue, o desenvolvimento de choque (queda acentuada na pressão arterial) é possível e até um resultado mortal.

Infertilidade. Após a gravidez ectópica, a infertilidade é geralmente desenvolvida. No entanto, depois de um ano e meio, 65% das mulheres que sofreram a gravidez ectópica das mulheres podem estar grávidas.

Perda de gravidez - lesão emocional. A perda da gravidez pode ser um golpe não só para a própria mulher, mas também para seu parceiro, familiares e amigos. Muitas vezes as pessoas experimentam a dor e uma sensação de perda que podem se manifestar nos seguintes sintomas físicos:

  • fadiga;
  • falta de apetite;
  • violação da concentração de atenção;
  • Problemas com o sono.

Além disso, os seguintes sintomas emocionais podem aparecer:

  • culpa;
  • choque e choque;
  • raiva (às vezes em um parceiro, amigos ou parentes que foram grávidas com sucesso);
  • Sentimento forte de tristeza e dor com alma.

Normalmente, esses sintomas são mais pronunciados por 4-6 semanas após a gravidez ectópica, e depois passam gradualmente, embora a tristeza possa ser mantida ao longo do ano.

Se você ou seu parceiro não puderem lidar com a dor, encontre um bom psicólogo ou psicoterapeuta.

Prevenção da gravidez ectópica

É possível reduzir o risco de gravidez ectópica através da prevenção de doenças inflamatórias da pequena pelve.

As doenças inflamatórias dos órgãos genitais são consideradas a principal causa da gravidez ectópica, uma vez que a infecção pode interromper a função dos tubos uterinos.

Normalmente, as doenças inflamatórias estão associadas a infecções sexuais, como a clamídia ou gonorads, que primeiro afetam a vagina e, em seguida, se estendem aos órgãos reprodutivos localizados acima.

O método mais eficaz de prevenir doenças venéreas é o uso de um preservativo masculino. Também é necessário passar regularmente uma pesquisa nos seguintes casos:

  • O surgimento de um novo parceiro sexual;
  • relações sexuais desprotegidas;
  • relações sexuais com uma pessoa que pode ter uma infecção venérea;
  • O surgimento de sintomas de infecções genitais.

Em caso de suspeita de infecção sexual, você pode procurar cuidados médicos para um ginecologista ou venereologista. Com o nosso serviço, você pode encontrar esses profissionais clicando nos links.

A falta de fumo ajudará a reduzir o risco de gravidez ectópica e muitas doenças graves, incluindo câncer de pulmão, acidente vascular cerebral e doença cardíaca. Se você quiser parar de fumar, mas não deseja entrar em contato com serviços especiais, pedir ao médico para lhe nomear um medicamento que ajuda a lidar com a síndrome do cancelamento, que pode ocorrer quando a falha do tabagismo. Leia mais sobre como parar de fumar.

Gravidez ectópica

A gravidez ectópica é uma patologia muito perigosa que pode levar à infertilidade e até a morte. É necessário reconhecer seus sintomas o mais cedo possível e começar o tratamento. Após operação de emergência, os pacientes com saúde são restaurados.

Contente:

O que é uma gravidez ectópica

Depois de uma fusão com um espermatozóide, um movimento fertilizado de ovo se move no tubo uterino e está preso à parede interna do útero. Há uma criança dela. Mas em 2% dos casos, a célula de ovos não é fixa dentro do útero, mas em qualquer outro lugar, por exemplo, no tubo uterino, no colo do útero ou no peritônio. Esses lugares não são adaptados para o desenvolvimento do embrião, portanto, toda a gravidez ectópica terminou a morte fetal. Além disso, a gravidez ectópica muitas vezes ameaça a vida da mãe. Sem cuidados médicos oportunos, uma mulher também pode morrer. O tratamento de emergência salvará sua vida e dará a chance de dar à luz uma criança no futuro.

Causas e fatores de risco

Para se proteger dessa complicação terrível, você precisa saber suas razões:

  • gonorréia;

  • fumar;

  • clamídia;

  • quaisquer processos inflamatórios no útero, devido aos quais as cicatrizes são formadas nela;

  • Operações nos tubos uterinos da história;

  • Outra gravidez ectópica no passado.

Há muitas circunstâncias em que uma mulher arrisca difícil de enfrentar a gravidez ectópica.

Fatores de risco:

  • abortos;

  • Gravidez, que aconteceu apesar do uso de espiral intrauterina;

  • operações nos órgãos da cavidade abdominal, especialmente no útero, tubos ou ovários;

  • endometriose;

  • patologias congênitas do desenvolvimento de órgãos genitais;

  • idade mais de 35 anos.

Essas circunstâncias devem ser levadas em conta durante o planejamento da gravidez e passaram regularmente a pesquisas do ginecologista. Com qualquer doença, você precisa entrar em contato com o médico.

Sintomas

Esta doença astúcia não é fácil de reconhecer imediatamente devido aos seus sintomas não específicos. Devemos seguir cuidadosamente a sua mentalidade e contatar imediatamente o médico.

Sintomas nos estágios iniciais (não antes de 2 semanas após a última menstruação):

Sinais por 6-8 semanas:

Sintomas tardios:

  • Sangramento forte e abundante da vagina;

  • dor abdominal dolorosa que são aprimoradas durante a condução;

  • A dor de repente ocorre de um lado e depois engarrafada ao longo do fundo do abdômen;

  • desmaio;

  • tontura;

  • dispnéia;

  • batimentos cardíacos rápidos fracos;

  • suor frio;

  • pele palidez;

  • confusão de pensar, violações da consciência.

É necessário fazer todos os esforços para reconhecer a patologia nos primeiros estágios. Isso permitirá que você a cure e colha a criança novamente.

Que horas faz sinais manifestam

Os sintomas dolorosos ainda são manifestados nos estágios iniciais, mas eles não são específicos, para que possam ser confundidos com outras doenças. É muito perigoso: quanto mais cedo a mulher receberá ajuda, mais chances de manter a saúde.

As características distintivas brilhantes da patologia são manifestadas apenas em termos atrasados, quando surge a ameaça de vida. É urgente causar "ambulância".

Aonde dói

As dores estão concentradas no abdome inferior ou na área da pequena pelve. Eles podem começar de um lado e, em seguida, espalhar todo o estômago. Na maioria das vezes, a dor é afiada e dolorosa, embora existam estúpidas e freiras.

Quando entrar em contato com seu médico

Se você conseguiu suspeitar da patologia nos estágios iniciais, você precisa ir para a clínica ou para a consulta feminina. Devemos prestar atenção a tais sintomas:

O médico examinará o paciente e prescreverá o tratamento, na maioria dos casos, a operação é necessária.

Quando chamar "ambulância"

Realmente causar "ambulância" em caso de sintomas pesados:

  • sangramento;

  • Dor insuportável, em curso mais de 2 minutos;

  • dor aguda no reto e desejo insuportável à defecação;

  • tontura e fraco;

  • Dores afiadas e afiadas no ombro.

Quando o tubo uterino quebra, o sangue preenche uma cavidade abdominal. Pode se acumular perto do diafragma, e depois os nervos se juntaram, conectados ao ombro. Por causa disso, parece que o ombro dói.

Em casa, é impossível tornar-se um diagnóstico seguro, então você precisa de ajuda de um médico.

Diagnóstico

Quando um teste de gravidez mostra duas listras, é necessário transformar urgentemente para o ginecologista para passar uma inspeção qualificada. O médico fará um ultra-som, examinará os órgãos da pequena pélvis, tomar testes. A análise laboratorial mais informativa é o teste no nível de hormônio da gonadotropina coriônica (HCG). Durante a gravidez ectópica, seu conteúdo é muito menor do que durante a gravidez normal. O teste para HCG é realizado em um intervalo de 48 horas. Se durante esse tempo, seu nível não cresceu 2 vezes, pode ser um sinal de gravidez ectópica.

O ultra-som permitirá que você descubra se os ovos foram fixados dentro do útero. O médico será capaz de ver o estado dos tubos uterinos.

Tratamento

Para curar uma gravidez ectópica, você precisará de uma operação. Operações de dois tipos são realizadas:

  1. Salpingctomia - quando o tubo uterino quebra, é completamente ou parcialmente removido;

  2. Salpingostomy - Corte da parede do tubo uterino (no futuro a dissecção é curar).

A laparoscopia pode ser realizada se não houver sangramento pesado e sérios danos. A célula de ovo fertilizada é extraída do tubo uterino. Em casos graves, eles fazem laparotomia e impõem costuras.

Se a patologia tiver sido encontrada nos primeiros prazos, e a operação é impossível de fazer, a mulher é prescrita injeções intravenosas ou intramusculares de metotrexato. Após a introdução da droga, a placenta deixa de crescer, o aborto ocorre.

Complicações

Sem tratamento de emergência, as complicações, às vezes irreparáveis, podem surgir:

Com doenças graves para ajuda médica, é necessário adicionar muito.

Efeitos

Uma das conseqüências mais comuns da gravidez ectópica é mais infertilidade. A capacidade de conceber e secar é reduzida em 40%, então a mulher ainda tem a chance de dar à luz uma criança. Mas o risco de repetição da gravidez ectópica permanece alto.

Durante o primeiro mês, a saúde das mulheres é restaurada. Durante este período, ela precisa de apoio para entes e amigos entes queridos, bem como a ajuda de um psicoterapeuta para superar lesões psicológicas. Comunicação com outras mulheres que experimentaram a gravidez ectópica ajudarão.

Prevenção

Impedir que o risco de gravidez ectópica seja muito difícil. No entanto, existem várias recomendações gerais de prevenção:

  • Referência de forma responsável à sua saúde e regularmente observada no ginecologista;

  • Entre em contato com o conselho das mulheres nos primeiros sinais de gravidez;

  • Planeje responsável pela gravidez;

  • Evite usar a hélice intrauterina;

  • Se você tiver que usar uma hélice intrauterina, você precisa escolher um modelo de alta qualidade estritamente de acordo com as recomendações do ginecologista;

  • Não experimente os meios de contracepção, use apenas o fato de o médico prescrito;

  • Trate todos os processos inflamatórios em uma pequena pelve;

  • Não fume;

  • Limite máximo O número de parceiros sexuais para reduzir o risco de infecção por gonorads ou clamídia;

  • Natureza uma criança não mais cedo do que um ano após uma gravidez ectópica.

É impossível executar doenças inflamatórias e infecciosas do sistema sexual, caso contrário, as complicações podem ocorrer durante a gravidez e o parto.

A gravidez ectópica é uma condição patológica da gravidez, na qual o ovo fertilizado é fixado no tubo uterino ou na cavidade abdominal (em casos raros). De acordo com estatísticas médicas, uma gravidez ectópica é registrada em 2,5% das variantes do número total de gestações, em 10% dos casos que aparece novamente. Esta patologia pertence à categoria de aumento do risco para a saúde de uma mulher, sem a prestação de cuidados médicos, pode levar a uma morte.

De acordo com dados estatísticos, o crescimento da frequência da gravidez ectópica está associado a um aumento no número de processos inflamatórios de órgãos genitais internos, um aumento no número de operações cirúrgicas, a fim de controlar o parto, o uso de intrauterina e hormonal meios de contracepção, o tratamento de formas individuais de infertilidade e fertilização artificial.

Com qualquer forma de gravidez ectópica, a ferramenta da criança é impossível, uma vez que esta patologia ameaça a saúde física da mãe.

Tipos de gravidez ectópica

  • Abdominal (abdominal) - Ocasionalmente uma opção comum, um ovo de fruta pode ser localizado na glândula, fígado, esmaga e em um aprofundamento uterino direto. A principal gravidez abdominal varia - a implantação de um ovo fertilizado ocorre nos órgãos abdominais e no secundário - após o aborto tubular ocluído, a célula de ovos é re-implantada em uma cavidade abdominal. Em alguns casos, a gravidez abdominal patológica está passando até os prazos atrasados, representando uma séria ameaça à vida da grávida. Na maioria dos embriões, os implantes de definição sérios são detectados durante a implantação abdominal;
  • tubular - Um ovo de fruta fertiliza em um tubo de phallopyan e não cai no útero e corre a parede do tubo uterino. Após a implantação, uma parada no desenvolvimento do embrião pode acontecer, e na pior versão - haverá uma repartição de um tubo de phallopyye, o que representa uma séria ameaça à vida de uma mulher;
  • ovariano - A frequência de ocorrência de menos de 1% é dividida em epioforal (o ovo é implantado na superfície do ovário) e intrafolicular (fertilização do ovo e a implantação subsequente passa no folículo);
  • cereal - A causa da ocorrência é considerada uma seção cesárea, um aborto previamente conduzido, o mioma uterino, a transferência do embrião no incenso vitro. Um ovo de frutas é fixado na área do canal cervico.
Gravidez ectópica: Como reconhecer os sintomas nos primeiros

O perigo da gravidez ectópica é que no curso do desenvolvimento, o ovo de fruta cresce em tamanho e um aumento no diâmetro do tubo é ocorrido ao tamanho limite, o alongamento atinge o nível máximo e a lacuna ocorre. Neste caso, sangue, muco e ovo de frutas caem na cavidade abdominal. Sua esterilidade é perturbada e ocorre um processo infeccioso, com o tempo se desenvolve em peritonite. Os navios danificados paralelos são fortemente sangramento, ocorrem sangramento maciço na cavidade abdominal, que pode levar uma mulher a um estado de choque hemorrágico. Na gravidez ectópica ovariana e abdominal, o perigo de ocorrência de peritonite também é alto que o tubo.

Possíveis causas de gravidez ectópica

Os principais fatores de risco:

  • Doenças infecciosas - inflamatórias - anteriormente transferidas ou engolidas em fase crônica - inflamação do útero, apêndices, bexiga são consideradas uma das principais causas da gravidez ectópica.
  • Processos inflamatórios nos ovários e tubos (nascidos difíceis anteriores, múltiplos abortos, abortos espontâneos sem entrar em contato com a clínica médica), o que levou à fibrose, a aparência de adesões e lenços de latidos, após o que há um estreitamento do lúmen dos tubos uterinos , sua função de transporte é perturbada, o epitélio de seleção varia. A passagem dos tubos do óvulo é dificultada e uma gravidez ectópica (tubular) ocorre;
  • Infantilismo congênito de tubos uterinos - a forma errada, o comprimento excessivo ou a tortuosidade com o subdesenvolvimento congênito são a causa do funcionamento inadequado dos tubos de phallopy;
  • Alterações hormonais pronunciadas (falha ou insuficiência) - doenças do sistema endócrino contribuem para o estreitamento do lúmen dos tubos uterinos, o peristalista e o fluxo de ovos permanece nos utensílios do tubo de falópio;
  • A presença de tumores benignos ou malignos de útero e apêndices - estreitando a inteligência dos tubos uterinos e interferindo na promoção do ovo;
  • Desenvolvimento anomaloso dos órgãos genitais - a estenose anormal congênita dos tubos uterinos impede o movimento do ovo à cavidade uterina, a diverticula (protrusão) das paredes de tubos de phallopy e o útero dificulta o transporte do ovo e é a causa de uma lareira inflamatória crônica;
  • uma história de gravidez ectópica;
  • Alterando as propriedades padrão do ovo fetal;
  • Espermatozótico lento;
  • Tecnologias separadas de fertilização artificial;
  • Espasmo dos tubos uterinos resultantes de uma constante sobretensão nervosa de uma mulher;
  • O uso de contraceptivos - hormonais, espirais, instalações de contracepção de emergência, etc.;
  • idade de grávida após 35 anos;
  • estilo de vida sedentário;
  • Recepção prolongada de drogas que aumentam a fertilidade e estimulando a ovulação.

Sintomatismo

O curso da gravidez ectópica em termos primários tem sinais de uterina (regulamentação) - náusea, estado sonolento, inchaço das glândulas mamárias e sua dor. A manifestação dos sintomas da gravidez ectópica ocorre entre o 3º para a 8ª semana desde a última menstruação. Esses incluem:

  • Menstruação incomum - tomadas de escasso;
  • Sensações dolorosas - dor do tubo uterino afetado, na gravidez ectópica de cereais ou abdominais - ao longo da linha média do abdômen. Mudanças na posição do corpo, gira, encostas e passeios de caminhada puxando a dor em certas áreas. Na localização do ovo da fruta no litoral do tubo uterino, sensações dolorosas aparecem na semana 5, e com uma ampulete (perto da saída para o útero) - na semana 8;
  • Sangramento abundante - mais frequentemente ocorre na gravidez cereal. A localização do feto no colo do útero rica em vasos sanguíneos causa perda de sangue grave e é uma ameaça à vida da grávida;
  • A seleção de sangue é um sinal de dano ao tubo uterino com gravidez ectópica de tubo. O resultado mais favorável desta espécie é um aborto de tubo, no qual o ovo frenal é independentemente separado do local de fixação;
  • urinar e defecação dolorosa;
  • Condição de choque - Perda de consciência, queda na pressão arterial, palidez da pele, sinusidade labial, pulso rapidamente fraco (se desenvolve com perda de sangue maciço);
  • Dores com retornos ao reto e parte inferior das costas;
  • Resultado positivo do teste de gravidez (na maioria dos casos).

Um ponto de vista errôneo é comum que na ausência de latência da menstruação não há gravidez ectópica. As alocações fracas são percebidas como um ciclo normal, o que leva à conversão tardia à ginecologia.

A clínica da gravidez ectópica é dividida em:

  1. Gravidez ectópica progressiva - um ovo como agricultura é incorporado no tubo uterino e gradualmente a destrói.
  2. Terminando espontaneamente a gravidez ectópica - aborto tubular.

Os principais sinais do aborto do tubo:

  • sangramento de genitais;
  • atraso menstrual;
  • temperatura do corpo subfeebril;
  • Tintas, desistindo drasticamente no hipocondrium, clavícula, perna e passagem traseira (repetidos ataques por várias horas).

Ao romper o tubo de Falópio, subjetivamente notas:

  • dor mais forte;
  • redução da pressão arterial a marcas críticas;
  • O aumento de pulso e respiração;
  • deterioração geral do bem-estar;
  • suor frio;
  • perda de consciência.

Diagnóstico de gravidez ectópica

Diagnóstico de gravidez ectópica

O diagnóstico preliminar da "gravidez ectópica" é exibido com reclamações características:

  • Atraso menstrual;
  • questões sangrentas;
  • Dor de características diferentes. freqüência e intensidade;
  • náusea;
  • Sensações dolorosas na área do departamento lombar, a superfície interna do quadril e o reto.

A maioria dos pacientes se queixa da presença de 3-4 sinais ocorrendo ao mesmo tempo.

O diagnóstico ideal inclui:

  • Coletar anamnese completa para excluir ou determinar o risco de risco na gravidez ectópica;
  • inspeção por um ginecologista;
  • Realizar um estudo de ultra-som para diagnosticar a gravidez (após 6 semanas da última menstruação) permite detectar os seguintes sinais: um aumento no corpo do útero, a localização exata do ovo fetal com o embrião, espessamento das membranas mucosas de o útero. Paralelamente com esses sinais de ultra-som, permite-lhe detectar a presença de sangue e coágulos na cavidade abdominal, o acúmulo de coágulos sanguíneos na esteira do tubo de falópio, a auto-dispersão do tubo de phalópia;
  • Identificação do nível de progesterona - baixa concentração envolve a presença de gravidez não desenvolvida;
  • Teste de sangue para HCG (determinação da concentração de gonadotropina coriônica) - com gravidez ectópica, a quantidade de hormônio contida aumenta mais lentamente do que com o curso normal da gravidez.

A análise sobre HCG é realizada com uma periodicidade de 48 horas para determinar o conteúdo de hormônios. No período inicial da gravidez, o nível de hormônios aumenta proporcionalmente, que é determinado pelo HCG. Se o nível não for regulatório, é fraco ou baixo, então uma análise adicional é realizada. O conteúdo hormonal reduzido na análise da gonadotropina coriônica humana é um sinal de gravidez ectópica.

O método dá quase 100% o resultado do diagnóstico é a laparoscopia. É realizado na fase final da pesquisa.

Estudo histológico do escopo endometrial (com uma gravidez ectópica mostrará a ausência de Chorion Villi e a presença de mudanças na membrana mucosa do útero).

Histerosalpingografia (com a introdução de substâncias contrastantes) é aplicada em casos particularmente complexos de diagnóstico. O agente de contraste, penetrando no tubo uterino, desigualmente pinta um ovo de frutas, demonstrando o sintoma de fluir, confirmando a gravidez ectópica do tubo.

O esclarecimento do diagnóstico é realizado exclusivamente no hospital. O plano de exame completo é prescrito dependendo do equipamento de hardware e laboratório do hospital. O melhor exemplo da pesquisa é uma combinação de ultrassonografia e determinar a gonadotropina coriônica no exame de sangue (urina). A laparoscopia é atribuída em casos de extrema necessidade.

O diagnóstico e o tratamento subseqüente são realizados com a ajuda de especialistas:

  • terapeuta (condição geral do corpo do paciente);
  • ginecologista (estudo do estado dos órgãos genitais internos, avaliação e diagnóstico preliminar);
  • Especialista em ultra-som (confirmação ou refutação do diagnóstico previamente estabelecido);
  • Ginecologista do cirurgião (consulta e intervenção operacional direta).

Tratamento

Com o diagnóstico precoce da patologia (para quebrar ou danificar as paredes do tubo uterino), as drogas médicas são prescritas. O metotrexato é recomendado para interromper a gravidez, o recebimento da medicação é limitado a uma ou duas doses. Ao diagnosticar em termos precoces, é necessária uma intervenção cirúrgica, depois de tomar o medicamento, os exames de sangue são realizados.

Metotrexate interrompe a gravidez sob certas condições:

  • O prazo da gravidez não excede 6 semanas;
  • Um indicador da análise da gonadotropina coriônica humana não é superior a 5000;
  • falta de sangramento em paciente (separação de seleção);
  • falta de atividade cardíaca no feto sob exame ultra-som;
  • Não há sinais da lacuna do tubo de phallopyye (não há dor intensa e sangramento, indicadores de pressão arterial normalmente).

O medicamento é injetado por via intramuscular ou intravenosa, o paciente está sob supervisão. A eficácia dos procedimentos conduzidos é avaliada pelo nível de gonadotropina coriônica humana. O declínio nos indicadores HCG fala sobre uma opção de tratamento bem-sucedida, juntamente com essa análise, as funções dos rins, fígado e medula óssea passam.

O uso de metotrexato pode causar efeitos colaterais (náuseas, vômitos, estomatite, diarréia, etc.) e não garante a integridade dos tubos uterinos, a impossibilidade de aborto de tubo e sangramento maciço.

Com uma descoberta tardia da gravidez ectópica, a intervenção cirúrgica é realizada. A opção suave é a laparoscopia, na ausência das ferramentas necessárias, é atribuído um exercício de pleno direito.

Por laparoscopia produzir dois tipos de intervenção operacional:

  1. A salpingoscopia com a gravidez ectópica está entre as operações suaves e mantém a possibilidade de mais fértil. O embrião é removido do tubo uterino através de um pequeno orifício. A técnica é possível com o tamanho do embrião a 20 mm e o arranjo do ovo fetal na extremidade do tubo de phallopyye.
  2. A salpingectomia para a gravidez ectópica é realizada com um alongamento significativo do tubo uterino e o possível risco de sua ruptura. A excisão da parte danificada do tubo uterino é passada, seguida de um composto de locais saudáveis.

A intervenção operacional na gravidez patológica é realizada emergência ou planejada. Na segunda forma de realização, o paciente se prepara para operações com os seguintes procedimentos de diagnóstico:

Período de reabilitação

Locais de ocorrência de gravidez ectópica

O período após a realização da operação, normaliza a condição geral do corpo da mulher, elimina os fatores de risco e reabilita as funções reprodutivas do corpo. Após a operação para a extração do ovo fetal, deve ser realizado um teste permanente de parâmetros hemodinâmicos (para eliminar o sangramento interno). Além disso, um curso de antibióticos, analgésicos e agentes anti-inflamatórios é nomeado.

O controlo do nível de gonadotropina coriônica é realizado semanalmente e deve-se ao fato de que, em caso de extração incompleta das partículas do ovo de fruta e um recinto aleatório para outros órgãos, o desenvolvimento de um tumor de células de corião (corionepiteloma) é possível. Com a intervenção cirúrgica normativamente conduzida, o nível de gonadotropina coriônica deve diminuir ao meio em relação aos dados iniciais. Na ausência de dinâmica positiva, o metotrexato é atribuído e, com resultados negativos continuados, é necessária uma operação radical com a remoção do tubo de phallopyan.

No período pós-operatório, os procedimentos fisioterapêuticos são recomendados usando eletroforese e terapia magnética para a retomada mais rápida da funcionalidade do sistema reprodutivo do paciente. Os contraceptivos orais combinados são prescritos para evitar a gravidez (por um período de pelo menos seis meses) e estabelecer um ciclo menstrual normal. Re-gravidez, que ocorreu em um curto período de tempo após a gravidez ectópica patológica, carrega um alto nível de altos níveis de reenvolvimento dessa patologia.

Profilaxia primária.

O parceiro permanente e a segurança do sexo (o uso de equipamentos de proteção individuais) reduz o risco de doenças venéreas, e com eles possíveis processos inflamatórios e cicatrizes de tecidos de tubos de phallopy.

A prevenção da gravidez ectópica é impossível, mas uma visita dinâmica ao ginecologista será capaz de reduzir o risco de morte. Recebendo na categoria de alto risco, as mulheres grávidas devem ser um exame completo para eliminar a definição tardia de gravidez ectópica.

Para reduzir o risco de ocorrência de gravidez ectópica, segue:

  • a tempo de tratar várias doenças infecciosas infecciosas infecciosas;
  • com uma fertilização extracorpórea com a frequência necessária para se submeter a um estudo por testes de ultra-som e LED para o teor de sangue da gonadotropina coriônica;
  • Ao alterar o parceiro sexual, é necessário passar análises a uma série de doenças sexualmente transmissíveis;
  • A fim de evitar a ocorrência de gravidez indesejada, use contraceptivos orais combinados;
  • Doenças patológicas dos órgãos internos a serem tratadas em última hora, não permitindo o fluxo de doença em uma forma crônica;
  • Despeje para comer, aderindo ao corpo mais adequado da dieta (não gosta de perda excessiva de peso e um conjunto em forma de salto ou perda de peso);
  • Ajuste os distúrbios hormonais disponíveis com a ajuda de especialistas.

Com a menor suspeita de gravidez ectópica, é necessária apelo urgente ao departamento ginecológico. O menor atraso pode custar uma mulher não apenas a perda de saúde, mas também o surgimento da infertilidade. A pior opção de atraso rápido pode ser o resultado fatal.

A gravidez ectópica, segundo médicos, é a doença ginecológica mais imprevisível e perigosa, que, infelizmente, não é tão rara - representa cerca de 0,8-2,4% de todas as gravidezes. Além disso, nos países desenvolvidos, há uma tendência a aumentar o número de gravidez ectópica com a frequência de infertilidade em 70-80% dos casos de operações.

Além disso, esta doença carrega uma ameaça diretamente para a vida de uma mulher. Portanto, é tão importante conhecer seus principais sintomas e sinais, de modo que, no caso das primeiras suspeitas, entre em contato imediatamente com a instituição médica para o exame e a ajuda. 1

O que é uma gravidez ectópica

A gravidez ectópica é uma patologia, que é caracterizada pela localização do ovo fertilizado e seu crescimento subseqüente fora do útero. Para que a gravidez se desenvolva normalmente e fosse segura para o corpo da mãe, o óvulo fertilizado deve passar pelos tubos uterinos para a cavidade uterina e lá para ser incorporado em sua membrana mucosa. Mas com uma gravidez ectópica, o embrião por uma razão ou outro não se enquadra no útero e está ligado a algum outro local onde ele começa seu desenvolvimento.

Dependendo do local de seu apego, o ovário, tubular, abdominal e outros tipos de gravidez ectópica são isolados. O desenvolvimento subseqüente do embrião leva à destruição desse órgão ao qual ele anexou, que é repleto da vida ameaçadora com sangramento.

Gravidez, desenvolvendo no ovário, pode ser ao ar livre, isto é. Progredindo na cápsula ovariana e no interior, ocorrendo diretamente no folículo (bolha, em que o ovo amadurece). Pode ocorrer se o espermatozóide caiu no folículo, da qual a célula de ovo ainda não tinha tempo para sair. Portanto, a fertilização e o anexo ocorre imediatamente. Às vezes, a célula de ovos tem tempo para fertilizar imediatamente após o lançamento do folículo e permanece lá, anexando ao ovário. O tecido ovariano é muito elástico, e há casos em que as mulheres montam uma criança lá para a mais recente gravidez.

A gravidez ectópica cervical ocorre quando, por algum motivo, o ovo de fruta desliza do útero, lança e corrija no pescoço. Este tipo de patologia é mais perigoso para uma mulher - cerca de metade de todos os casos há um resultado fatal, e o útero é completamente removido durante a operação.

A gravidez ectópica abdominal é dividida no primário quando a ligação do ovo imediatamente ocorreu na cavidade abdominal, e o secundário, em que o ovo fertilizado foi jogado na cavidade abdominal do tubo de falópio. Se o ovo de fruta se dirigir onde o suprimento de sangue não é suficiente, ele morrerá rapidamente. Em outros casos, o seu desenvolvimento pode ser continuado, que é repleto de danos aos órgãos internos e anomalias no desenvolvimento do feto, até a sua morte intra-uterina devido à fome de oxigênio desenvolvida.

Em 99% dos casos, é uma gravidez ectópica de tubo, na qual o embrião está se desenvolvendo no tubo de Falópio.

Causas de aparência

O apego do embrião fora da cavidade uterina é causado por uma violação da patência do tubo uterino ou da mudança nas propriedades do próprio ovo fetal.

Para isso pode fornecer:

  • Processos inflamatórios em pequenos órgãos da pelve. Na maioria das vezes, infecções sexuais são infecções - clamídia, tricomoníase, etc., que provocam inflamação, estreitamento e deformação dos tubos uterinos.
  • As conseqüências do aborto, especialmente numerosas. Essas situações são repletas de processos adesivos e inflamatórios de órgãos genitais internos, mudanças nos tubos.
  • O uso de espirais intra-uterinas. Ao usar esses contraceptivos por mais de 5 anos, o risco de gravidez ectópica sobe 5 vezes. Isto é devido a mudanças que acompanham a presença de um corpo estranho no útero.
  • Distúrbios hormonais que podem ser chamados em estimular o amadurecimento de um ovo, preparação para eco (concepção "em um tubo de ensaio") ou o uso de fortes drogas hormonais.
  • Operações realizadas nos tubos de falópio ou outros órgãos internos.
  • Neoplasias malignas de útero e apêndices.
  • Desenvolvimento incorreto de ovo fertilizado.
  • Endometriose (o crescimento da mucosa do útero dentro do útero e além dele).
  • Malformações congênitas do desenvolvimento do sistema reprodutivo.
  • Fumar (o risco de gravidez ectópica aumenta 3 vezes).
  • Estresse permanente e excesso de trabalho.
  • Idade das mulheres com mais de 35 anos.

No entanto, existem casos muito frequentes do desenvolvimento desse problema com mulheres jovens absolutamente saudáveis ​​que não estão recebendo em nenhum dos grupos de risco listados. O risco de desenvolvimento dessa patologia é de aproximadamente 25% das mulheres que sofreram.

Os primeiros sinais da gravidez ectópica

Nos primeiros estágios, uma gravidez ectópica, cujos sintomas dependem do seu mandato, não podem se manifestar - exceto que a latência da menstruação, como na gravidez comum. Caso contrário - por 1-2 semana, essa patologia não declara sobre si mesmo. Mas já em 3-4 semanas, os primeiros sinais de gravidez ectópica podem aparecer, além de sintomas típicos para a gravidez normal (atraso, náusea, sensibilidade do mamero, aumentando a temperatura basal):

  • Puxando estúpido ou dor aguda na parte inferior do abdômen (pode ser direita ou esquerda) de graus variados de intensidade;
  • Dores na parte inferior das costas ou no reto;
  • Perspectivas sanguíneas da vagina, não semelhante a menstrual;
  • dor e aumento da mama;
  • Dor durante as práticas sexuais.

Durante a inspeção do ginecologista nos primeiros prazos, você pode revelar um útero aumentado e relaxado, além de suavizar e a sinusília do pescoço. Na área de apêndices, um tubo uterino aumentado e doloroso ou ovário com falta de contornos claros pode ser testado. Se uma educação semelhante a tumor nos compromissos for encontrada durante a palpação (prudituing), o médico compara os sintomas disponíveis e atribui pesquisas adicionais neste caso.

Por um período de 4-20 semanas, uma gravidez ectópica pode levar a uma ruptura do tubo uterino ou outro órgão, ao qual o embrião anexado. Isso leva a sangramento interno severo. Em caso de complicações, os primeiros sinais de gravidez ectópica podem ser expressos em uma natureza forte e perfurante da dor abdominal, acompanhada de fraqueza aguda até a perda de consciência, palidez, pulso rápido e descarga sangrenta da vagina. Às vezes, os sintomas da gravidez tubular só ocorrem no momento de sua interrupção. A dor aguda na parte inferior do abdômen aparece de repente contra o fundo do bem-estar geral. Por via de regra, isso acontece 4 semanas após o atraso, e a dor dá no hipocondrium, a clavícula, a passagem traseira ou a perna. Os ataques de dor podem repetidamente repetir e durar os dois minutos e algumas horas. Mas nos casos em que hemorragia interna é insignificante, uma gravidez ectópica pode permanecer irreconhecida. Fraqueza, náusea, tontura e um pequeno aumento na temperatura, explicando a absorção no estômago do sangue de lança. No entanto, se o sangramento na cavidade abdominal continuar, a condição se deteriorará, a dor intensificada e a descarga de sangue é repetida.

Métodos para determinar a gravidez ectópica

Para identificar a presença de uma mulher de gravidez ectópica, as seguintes pesquisas e análises são realizadas:

1. Ultrassonografia dos órgãos de uma pequena pelve. Este método permite determinar a patologia no final do primeiro mês de seu desenvolvimento. Se o ultra-som é realizado através da vagina, uma gravidez ectópica é detectada por volta da 4ª semana, se através da barriga - no dia 5.

2. Determinação do nível de HCG (hormônio da gravidez) no sangue. Com esta análise determinar o fato da gravidez. Suspeitar da presença de sua forma ectópica no caso de a concentração de HCG no sangue das mulheres se eleva mais lentamente do que com a gravidez normal.

3. Determinando o nível de progesterona (outro hormônio da gravidez secretado por ovários) no sangue. Com uma gravidez ectópica, seu conteúdo é menor do que com a gravidez normal.

4. Laparoscopia (estudo de órgãos internos através de uma pequena incisão). Tal pesquisa é realizada quando há uma suspeita de que a mulher no contexto da gravidez ectópica já ocorreu hemorragia interna. A laparoscopia é realizada sob anestesia geral e, introduzindo na cavidade abdominal através de pequenos buracos, uma filmadora especial, um pequeno órgão da pelve examinam. Se durante a inspeção interna, o diagnóstico da gravidez ectópica é confirmado, o estudo imediatamente entra em operação.

A doença possível é revelada após a gravidez ectópica interromperá - como regra, acontece em um período de 4-6 semanas. Se esta patologia estiver desenvolvendo sem interrupção espontânea, é necessário determinar sua presença em um período de 3 a 4 semanas com a ajuda da análise de HCG e ultrassonografia.

Possíveis complicações

A complicação mais importante e perigosa da gravidez ectópica é um grande sangramento interno, que pode levar à morte de uma mulher literalmente em poucas horas ou até dezenas de minutos. Também é possível repetir a gravidez ectópica no futuro ou no desenvolvimento da infertilidade devido a danos aos tubos uterinos. Além disso, o choque devido ao sangramento interno pode interromper as funções de outros órgãos internos, não apenas o sistema reprodutivo.

Devido ao fato de que uma gravidez ectópica pode se desenvolver em órgãos com sangue rico, que, em particular, inclui ovários e seções da transição de tubos uterinos no útero, uma operação de remoção de embriões pode ser completada por um dos tubos uterinos, a remoção de um dos ovários e até a remoção do útero com tubos uterinos. Mas mesmo no caso da preservação de todos os órgãos internos, a gravidez ectópica ainda reduz as chances de uma mulher para mais concepção e um normal entrar na criança. Às vezes, após a operação, um processo inflamatório está desenvolvendo e obstrução intestinal, os selos são formados em uma pequena pelve.

A fim de reduzir as conseqüências negativas da gravidez ectópica para um mínimo, após a execução da operação, é necessário submeter-se à terapia anti-inflamatória e de restauração. Fundo hormonal e recursos de proteção O corpo de uma mulher deve recuperar totalmente antes da próxima gravidez, caso contrário, o risco de re-surgimento da patologia ou o desenvolvimento da infertilidade secundária será muito grande. Do ponto de vista médico, você pode planejar a próxima gravidez não antes de seis meses após a operação.

Corra para o médico nos primeiros sintomas! A gravidez ectópica é extremamente perigosa para a saúde e a vida de uma mulher com um estado, assim, em caso de sintomas suspeitos e, especialmente, dor abdominal aguda, você precisa ver o médico o mais rápido possível ou chamar a ambulância. E se o diagnóstico for confirmado, é prescrito a interrupção desta gravidez, ou uma operação será realizada para eliminar as conseqüências do aborto de tubulação ocorrente. Hoje é usado tanto métodos de tratamento cirúrgico quanto de drogas de gravidez ectópica. Um método específico é determinado pelo médico assistente com base no estado do paciente e da gravidade da doença.

Tratamento e recuperação

O método menos traumático de tratar a gravidez ectópica -medicated. Mas pode ser recorreu apenas no primeiro tempo de desenvolvimento de patologia. Geralmente é usado nos casos em que uma gravidez ectópica foi acidentalmente descoberta durante uma inspeção ginecológica, já que as mulheres tendem a suportar mudanças em sua condição "para o último". Para se livrar da patologia, uma droga hormonal especial é introduzida no corpo do corpo, que impede o desenvolvimento do embrião e provoca aborto artificial. Este método apareceu relativamente recentemente. Requer um exame preliminar completo de uma mulher antes de realizar o procedimento e altas qualificações de pessoal médico. Em nenhum caso você pode tentar encontrar o nome dessas drogas na internet e recorrer a um método de interrupção de drogas da gravidez intrauterina!

Às vezes os médicos combinam métodos cirúrgicos e medicamentosos, introduzindo uma mulher a uma droga, após o que tem um destacamento de um ovo fetal incorretamente anexo e depois removê-lo com a ajuda da extrusão. A redução adicional do tratamento é destinado a eliminar processos inflamatórios nos apêndices do lado oposto. Normalmente a restauração de uma mulher depois que as operações ocorreram é muito rapidamente - especialmente se fosse intervenção laparoscópica (a operação realizada através de pequenos cortes). As feridas são totalmente curadas em 2-3 semanas, mas por mais 2-3 meses, uma mulher deve evitar o esforço físico e tentar não permitir a constipação. Além disso, após o tratamento da gravidez ectópica, é aceito várias vezes para tomar uma análise do HCG para garantir que não haja fragmentos dos fragmentos de casca de ovo fetal que possam continuar a crescer e se transformar em um tumor no tempo.

Resumindo, pode-se dizer que, no caso de uma gravidez ectópica, uma mulher é melhor para ser renovada do que atrasar seu apelo a um especialista na presença de sintomas assustadores. É desejável parecer um ginecologista imediatamente após o início do atraso, de modo que determina sua verdadeira causa e, se necessário, rapidamente, prescreveu o tratamento. Se uma gravidez ectópica fosse curada de maneira oportuna, no futuro, uma mulher pode engravidar mais uma vez, prestando atenção à prevenção dessa patologia.

Feminino.

Reabilitação após uma operação ectópica
  • Gravidez ectópica: Diagnóstico precoce e tratamento de Babajanova Gulzhahon Sattarovna, KhandSaeva Dilofar Nuriddinovna, Razikova Komola Hasanovna 2019 / Biologia e Medicina Integrativa
  • Análise da saúde reprodutiva dos pacientes após a gravidez ectópica Erkenova S.e., Erosaliyza A.K. Kaldibova A.K., ұұrbanova M.O., Shәdenova e.e., et al. 2017 / Boletim da medicina nacional do Cazaque
  • Murtazin A.i. Obstetrícia e Ginecologia. Padrões médicos. Critérios para avaliação de qualidade. Formulário. 2020 ano

Previsão e Prevenção da Gravidez Re-Ectopica: O Resumo DIS. Magomedova patimat aripovna; - Moscou, gravidez cicatriz - um novo tipo de gravidez ectópica Maltsev L.i., Fattyova F.A., Zamaleeva R.S., Kurtasanova E.S., Chruleva G.Kh. 2017 / medicina prática

Rus2124800-2 datado de 03/20/2020.

O organismo feminino é projetado de tal forma que a nova vida nascer em um só lugar - um departamento ampular do apêndice e se desenvolve em outro - no útero. Se o ovo fertilizado começou a compartilhar sem chegar ao útero, a gravidez ectópica é diagnosticada. Neste caso, apenas o diagnóstico precoce da gravidez ectópica pode salvar a saúde reprodutiva e a vida de uma mulher.

Ginecologista de recepção - 1000 esfregar. Ultrassonografia complexa de uma pequena pélvis - 1000 rublos. Ultrassonografia da gravidez uterina - de 1300 rublos. Recepção de acordo com os resultados de ultra-som ou análises - 500 rublos (opcional)

De onde vem a gravidez ectópica, com que frequência isso acontece, a previsão?

Lista de referências

A fertilização está normalmente ocorrendo em um tubo de phallopyan da ampare e, em seguida, a zygota está se movendo em direção ao útero, onde é implantada na camada de endométrio. Mas por várias razões, o ovo fertilizado pode não atingir a cavidade do útero e está ligado em um lugar que não se destina ao desenvolvimento do feto. Neste caso, fale sobre Gravidez ectópica

que é diagnosticado em 1,5-2% dos casos de todas as gravidezes do mundo. Destes, em 97%, o ovo de fruta é fixado dentro dos apêndices, 0,7% é ligado ao colo do útero, 0,5% ao ovário, 1% a um amplo grupo de útero, em outros casos implantados na cavidade abdominal.

A fixação do embrião fora do útero é perigoso em que esses órgãos não se destinam a levar um feto em crescimento, eles simplesmente não suportam tal carga - ao longo do tempo eles estão explosão. E o embrião não pode se desenvolver plenamente, porque o metabolismo do metabolismo não é formado. Essa gravidez não é salva - a eclosão não dura mais de 5-6 semanas.

O resultado torna-se:

Às 5 semanas, o embrião é separado por uma concha fetal, e cresce no tecido do corpo onde implantado. Uma mulher tem sangramento mais forte, como resultado da qual ela morre. Entre as causas da mortalidade materna, uma gravidez ectópica é encontrada em 7,4% dos casos.

Por que acontece a gravidez ectópica: causa demais

Considere por que há uma gravidez ectópica.

  • Na maioria das vezes, para chegar ao destino do ovo fertilizado interferir com as razões anatômicas: Mudanças patológicas em tubos uterinos (55% dos casos). Causada por cicatrizes e picos (salpingite) - uma conseqüência de processos inflamatórios, por exemplo, , adnexita. Gyroidalpins. . As cicatrizes não dão as paredes dos apêndices para encolher, e os espinhos se sobrepõem à folga do tubo. O tubo em si é deformado, altera os contornos e tamanhos. Cicatrizes e picos aparecem após transferidos , Stis. Aborto.
  • , supercotro, etc. Eles servem como as causas mais frequentes da gravidez ectópica no início da hora. Meios de contracepção interna

(espirais intra-uterinas) - causa em 4% dos casos. Em caso de instalação incorreta e vestindo muito longo, a atrofia do epitélio da criação é realizada, a membrana mucosa é danificada.

  • Fatores externos incluem: As conseqüências da intervenção cirúrgica . Operação de remoção laparoscópica , Moma útero. Cistos ovarianos
  • , A seção cesárea geralmente leva à formação de uma cicatriz ou à inflamação que se torna gravidez fora do útero. Reconstrução .
  • Tubos uterinos para obstrução Tumores no útero
  • ou nos ovários que levam à deformação dos tubos. Infantilismo genital.

. Esta é a inconsistência do desenvolvimento dos órgãos genitais da idade biológica da mulher. A patologia surge no estágio do desenvolvimento embrionário da criança e se manifesta no subdesenvolvimento dos órgãos da esfera generosa. Meninas com infantilismo sexual têm uma figura infantil com quadris e seios não desenvolvidos. Eles encurtaram os tubos uterinos, a hipoplasia uterina é frequentemente diagnosticada.

Existe um homem na gravidez ectópica? Não há ligações diretas entre a qualidade do espermatozóide e gravidez fora do útero. Mas há um fator indireto - uma infecção urinária que levou à inflamação dos apêndices.

  • Causas hormonais acumuladas com a idade:
  • Violações no trabalho de hipotálamo e glândulas supra-renais; O uso de drogas hormonais em doses superdimensionadas ;
  • Tratamento de infertilidade
  • Estimulação da ovulação com preparações hormonais na frente do eco;
  • A violação da produção de prostaglandinas afeta a capacidade contrátil dos apêndices, como resultado do qual a Zygota não está se movendo para o útero;

Aumento da atividade enzimática de um óvulo leva ao apego de um ovo fetal, não ao útero, mas às paredes do tubo phallopyan.

Razões psicológicas para a gravidez ectópica Se uma mulher terapeuticamente saudável tem uma gravidez ectópica fixada sem razões explícitas, então os doutores Fale sobre fatores psicossomáticos. Hormônios estresse norepinefrina e cortisol causam violação de progesterona e controlação de estrogênio ciclo menstrual

. Como resultado do desequilíbrio hormonal, a superfície mucosa do lúmen de tubos de phallopy é danificada, a função de transportar o óvulo fertilizado ao útero é perturbada.

As psicosomáticos estuda os padrões de influência do estado psicológico de uma pessoa em saúde. Supressão de emoções negativas, decisões tomadas contra a sua vontade, não encontrando a saída da experiência ganho físico. As mulheres são vulneráveis ​​a uma esfera para engravidar que sofre primeiro.

O que acontece durante o desenvolvimento ectópico do embrião

  • Em manifestações clínicas, uma gravidez ectópica é de dois tipos: Progressivo . Nos primeiros prazos, o aborto espontâneo não ocorre, então o ovo de fruta continua a crescer, então penetrou na parede do tubo Phallophery. De acordo com as manifestações, a gravidez ectópica progressiva é semelhante ao normal. Até o momento da rotação, a mulher às vezes não sente nenhuma mudança no estado, às vezes observada Seleção de sangue da vagina
  • semelhante ao menstrual. Muitas vezes confunde com uma menstruação escassa. Interrompido

. Termina aborto espontâneo, mas por tipo de desenvolvimento é dividido em subespécies. Aborto de tubo . O embrião bica da parede do útero e entra na cavidade abdominal. O paciente tem cachos de sangue da vagina, há afiada Dores na parte inferior da barriga

dói e até mentira. O útero durante a palpação é ampliado, os apêndices são estendidos. Quebra de caminhão.

Acontece na 6-10 semanas de gravidez. Os rajadores do embrião no tubo de Fallopiev quebram o corpo, causando sangramento mais forte. Uma mulher está experimentando uma dor de punhal no fundo da barriga que entra na parte inferior das costas. O paciente fica apenas no lado esquerdo com as pernas secundárias. Ela drua o arco posterior da vagina, o colo do útero se mudou para frente. O paciente perde a consciência devido à redução da pressão arterial, o suor frio é.

O diagnóstico da gravidez ectópica interrompida permite evitar sérios efeitos de saúde e manterá o sistema reprodutivo feminino.

Diagnóstico precoce da gravidez ectópica

A gravidez ectópica ataca a saúde feminina, e apenas o diagnóstico precoce reduzirá as conseqüências. O prazo para o desenvolvimento dessa gravidez é de 10 semanas. Durante esse período, o tamanho dos ovos de frutas se torna uma ameaça à vida e à saúde de uma mulher. O primeiro tempo em que o médico consegue ver uma gravidez ectópica em Uterus ultra-som. É de 4 a 5 semanas. Considerando que as semanas ginecológicas são contadas a partir do primeiro dia. Última menstruação

, o prazo inicial para o diagnóstico de gravidez ectópica começa com a 2ª semana do desenvolvimento de um ovo fertilizado.

Por esta altura, os tamanhos do ovo de frutas serão um ou meio ou dois milímetros, é ideal para a realização de intervenção cirúrgica para remover a gravidez patológica. O paciente não terá que remover os apêndices, porque o embrião não tem tempo para fazer a polícia nas paredes do órgão.

Métodos para o diagnóstico de gravidez ectópica

  • Para identificar uma gravidez ectópica nos primeiros prazos por métodos diferentes: Teste de hcg.
  • ou o teste no nível da gonadotropina coriônica da pessoa produzida após a fertilização e a introdução dos zigotos no corpo de uma mulher. Com a gravidez padrão, os indicadores na 2ª semana não excedem 300 mel / ml. Se o indicador sobe para 1500 unidades e acima, isso indica a implantação do embrião fora do útero. Se dúvida, como resultado, 2 dias são re-análise. Com um aumento fraco ou uma queda acentuada nos indicadores, o diagnóstico da gravidez ectópica é confirmado. Diagnóstico de ultra-som . Eficaz em datas posteriores, a partir da 6ª semana. Para resultados precisos precisam . Aparelho especializado de alta frequência Transavaginal (Através do método da vagina) aqui é preferível Transabdominal
  • (através da parede abdominal). Uzi determinará a localização exata do ovo fetal. Inspeção na cadeira ginecológica . Normalmente, na semana de 6-7 do desenvolvimento do embrião, o tamanho do útero aumenta em 1,5-2 cm. Quando a palpação é perceptível. Se uma mulher tem tudo Sinais de gravidez , mas as dimensões do útero não são alteradas, ginecologista
  • assume ectópico. Diagnóstico diferencial. Muitas vezes os sintomas da gravidez ectópica são semelhantes aos sintomas da apendicite, inflamação dos ovários. Por 2-3 semanas, quando o ultra-som é a inexpoxia, e Hong HCG dá resultados imprecisos, continua eficaz

Diferem diagnóstico de gravidez ectópica nos estágios iniciais.

Gravidez ectópica, diagnóstico diferencial. Mesa Inspeção de dados. . Termina aborto espontâneo, mas por tipo de desenvolvimento é dividido em subespécies. Ruptura do caminhão Apendicite aguda
Inflamação do ovário Reclamações Dor aguda que dá para a parte inferior das costas, náusea, desmaio Pegando dor no fundo do abdômen Dor então à direita, então no lado esquerdo da região ilíaca
Dor dolorosa na parte inferior da barriga como durante a menstruação Temperatura corporal 36.6. 37.2-37.5. 37.5.
38. Doenças de acompanhamento Doenças de acompanhamento Inflamação dos apêndicos não
Inflamação de apêndices, útero Sangue Sangue Inflamação dos apêndicos Scooty, escuro
as vezes
Alocações da vagina Ciclo menstrual Ciclo menstrual Inflamação dos apêndicos Atraso
interrompido Sinais de gravidez Sinais de gravidez Inflamação dos apêndicos Inflamação dos apêndicos
Estado do útero Ligeiramente aumentado, o fluido livre é sentido, a protrusão do arco traseiro Inflamação dos apêndicos Ligeiramente aumentado, apêndices expandidos
Apêndices densos e dolorosos quando pressionado Teste de sangue Hemoglobina reduzida e glóbulos vermelhos, leucócitos em normal Hemoglobina reduzida e glóbulos vermelhos, leucócitos em normal Hemoglobina reduzida e glóbulos vermelhos, leucócitos em normal

Aumento dos níveis de leucócitos

Como determinar a gravidez ectópica sem ultra-som Com experiência O ginecologista pode determinar a gravidez ectópica sem um ultra-som.

  • Para isso, o paciente é examinado em uma cadeira ginecológica com diferentes métodos: Síndrome de Solovyov.
  • . Se você sentir o útero com as duas mãos, começa a "deslizar" devido ao excesso de fluido. Sintoma Promtova.
  • . Ao deslocar para o colo do útero, o paciente sente uma dor aguda. Sintoma do Prech

. Se você colocar pressão na parte de trás do útero, o paciente sente uma dor de punhal.

Se for necessário informações precisas e urgentes, o paciente faz punção através do arco traseiro da vagina. Assim, o sangue não está em colapso. Um hamyal homogêneo é formado em torno de uma gota de sangue.

Naturalmente, esses métodos são aceitáveis ​​apenas em situações de emergência, nas condições de acessibilidade de ultrassonografia e laboratório, esses métodos só podem atuar como adicional. ?

O teste do show de gravidez ectópica Teste de gravidez - uma maneira rápida e eficaz de confirmar a gravidez na sogra. E Mostra a gravidez ectópica no teste? Para responder a esta pergunta

Analisaremos o princípio do teste da gravidez.

O efeito dos testes domésticos é baseado na reação reativa química com Hong HGCH, destacada no corpo da futura mãe por Corion - a concha de embrião formada após a implantação do embrião na camada macia do endométrio. A tarefa do hormônio HGCH é suprimir a imunidade da mãe para que as células imunes não atacam o embrião como corpo estranho.

Existem duas variedades de hormônio HCG: alfa e beta. Beta-Hgch é apenas uma mulher grávida. Os testes de gravidez reagem a ambas as variedades de hormônio, então duas listras aparecem nelas com um resultado positivo. Se uma tira estiver pálida ou não ser visível, o teste mostra uma gravidez oitenta cedo.

A gonadotropina coriônica começa a produzir por 8-10 dias a partir do momento da concepção, quando o ovo fertilizado atinge a cavidade uterina e está ligado à membrana mucosa. Mas o aumento do HCG a 11 dias existe apenas 5% das mulheres grávidas. O aumento do número de hormônios cai em 11 a 12 dias, e o pico é observado por 17-21 semanas a partir do momento da concepção. Também marcou o aumento no volume do hormônio alocado. Assim, os indicadores médios de HCG estão em 8 dias a partir do momento da fertilização de 7 mel / ml, por 10 dias já 18 mel / ml, e no 12º dia 45 mel / ml. Aqueles. Normalmente, a concentração de hormônio na dinâmica aumenta em 65% a cada 2 dias. Sobre o diagnóstico preciso é falado somente após a re-análise. Se um teste adicional de gravidez ectópica também aponta para a patologia (muito pálida ou desaparecida a segunda faixa), uma mulher vem com ele para um ginecologista. O médico tira o teste de sangue, porque a concentração de HCG há 2 vezes maior do que na urina.

O crescimento fraco dos indicadores hormonais indica uma gravidez ectópica.

O teste da gravidez ectópica mostra se duas listras são visíveis?

Existem várias modificações de testes que determinam a gravidez. Eles indicam patologia de maneira diferente, dependendo dos recursos de design. Tira de teste

. Um teste simples baseado na reação hormonal do HCG com um reagente, soprando listrado. A resposta é dada sob a forma de uma ou duas tiras em um fundo branco. A sensibilidade da faixa é 30 mME / ml, então o resultado é visível não mais cedo do que 2 semanas a partir do momento da concepção. Teste de cassete (ou tablet)

  • . O princípio da ação é o mesmo que a tira de teste. Mas sua sensibilidade é maior e é 20 mme / ml. O resultado mostra de 12 dias. Há uma probabilidade de erro, mas um teste de cassete, além da gravidez ectópica, indica alguns sérios problemas de saúde. Então, se uma mulher tiver um atraso e outros sinais de gravidez possível, e o teste de cassete mostra um resultado negativo, este é um sinal dos seguintes problemas:
  • corioncarcinoma (tumor maligno das células de casca do embrião);
  • Teratoma (tumor ovariano em mulheres decorrentes durante o período de desenvolvimento embrionário, contendo o primitivo de tecidos embrionários);
  • Câncer colorretal (câncer de algumas divisões do intestino grosso);

Formação Neof no útero, rins, pulmões.

Use um teste de cassete é fácil: você precisa abandonar algumas gotículas de urina em um dos departamentos da cassete, e então o resultado será visível em outro departamento. Teste de jato de tinta. Substituído sob o jato quando a micção. O teste de jato de tinta é mais preciso e informativo do que as anteriores. Este é o único teste aceitável que Mostra uma gravidez ectópica nos estágios iniciais

. Ele reage à concentração de CGH de 10 mME / ml, quando nenhum outro tipo de diagnóstico fornece uma resposta precisa. Teste digital.

. A precisão é tão alta que uma mulher pode fazer um teste um par de dias antes da suposta ovulação. No dia da ovulação, a precisão da análise é de 95%, e no dia seguinte é 100%. É claro que o preço de tal teste de gravidez ectópica é muito maior do que o custo do exame de sangue para HCG.

Conclusão: Com uma gravidez ectópica, o sinal serve uma segunda faixa difusa ou fracamente pronunciada no teste. Se uma mulher notou tal fenômeno, então aplique imediatamente ao ginecologista e passe um exame de confirmação. Quanto mais cedo, a gravidez ectópica será eliminada, menor as conseqüências da saúde do paciente será eliminada pela patologia.

Onde ser examinado para a gravidez ectópica em São Petersburgo

Se uma gravidez ectópica é suspeita imediatamente, entre em contato com a clínica ginecológica Diana e passe por um exame especializado. O preço do exame está disponível para todas as mulheres. Por exemplo, um ultra-som complexo experiente de uma pequena pélvis custará apenas apenas 1000 rublos. Se você encontrou um erro, selecione o fragmento de texto e clique em

Ctrl + Enter.

Compartilhar links:

Diagnóstico precoce de ectópico

A gravidez ectópica é uma perigosa patologia ginecológica, durante a qual um ovo fertilizado é implantado fora do útero. Em 95% dos casos, a adesão do ovo fetal ocorre no tubo uterino. Muito menos muitas vezes, o ovo está ligado no ovário, os órgãos da cavidade abdominal, o colo do útero. Se você não for diagnosticado em tempo hábil e não eliminar a patologia, severas, às vezes ameaçando as conseqüências da vida das mulheres estão se desenvolvendo. Portanto, é importante saber quais sinais precoces de gravidez ectópica se preocupa antes do atraso da menstruação e quais os sintomas devem ser uma razão para apelar imediatamente aos cuidados médicos. Na hora certa, a patologia eliminada ajudará a economizar saúde reprodutiva e evitar consequências severas.

Quais são os sinais de gravidez ectópica antes do atraso?

Vn22.jpg.

Com uma gravidez ectópica, o embrião anexado fora do útero, em qualquer caso, é não visual. Imediatamente após a fertilização e fixar o ovo fora do útero, nenhum sintoma suspeito não se incomoda. Antes do atraso da menstruação, a gravidez pode não suspeitar de sua posição, liderando o modo de vida habitual.

  • Após 3 - 4 semanas após a implantação, o embrião continua a crescer e desenvolver ativamente. Isso gradualmente aumenta em tamanho, estendendo as paredes do tubo de Falópio, como resultado da qual a mulher começa a sentir os primeiros sintomas da gravidez ectópica antes do atraso mensal. Clearways devem tais sinais:

  • dor e espasmos agudos no fundo do abdômen;

  • Náusea náuseas, ataques de vômito;

  • Fraqueza severa, perda de desempenho, tontura frequente;

  • dor na área da parte inferior das costas, virilha e reto;

  • separar o sangramento;

  • Aumento de temperatura subfeebre;

Micção mufada, diarréia.

Mas às vezes esses sintomas podem aparecer mais tarde - por 5 a 6 semanas. Portanto, imediatamente após o atraso, a mulher deve visitar o ginecologista, passar todas as análises necessárias e, em seguida, visitar regularmente o especialista para controlar o curso da gravidez e identificar uma anomalia no primeiro período.

Pobre companheiro .jpg.

Classificação da gravidez ectópica

  1. Dependendo se a célula de ovo fertilizada é implantada, os seguintes tipos de gravidez ectópica distinguem:

  2. Tubo. Diagnosticado na maioria dos casos. A lusão da zygota ocorre na cavidade do tubo de phallopyye. Muitas vezes, com essa gravidez, o aborto ocorre nas primeiras semanas, e se isso não aconteceu, o tubo uterino quebra.

  3. Abdominal. O ovo fertilizado é implantado em qualquer órgão localizado na cavidade abdominal. Com este tipo de gravidez ectópica, uma mulher incomoda as dores agudas no abdômen inferior, problemas com a micção, violação da cadeira, náuseas, vômito.

  4. Ovariano. Implantação e desenvolvimento do embrião ocorre no ovário. Este tipo de patologia é encontrado principalmente em mulheres que deram à luz repetidamente e atingiram quarenta anos.

Cervical. A lusão do ovo fetal ocorre abaixo do orifício uterino interno. Este tipo de gravidez ectópica é frequentemente acompanhado de conseqüências perigosas - sangramento descontrolado, que em caso de assistência médica não referida, pode causar a morte de uma mulher.

Se episódios de gravidez ectópica repetem repetidamente, sua recaída é superior a 15% e aumenta com sua ocorrência subsequente.

A que horas você pode determinar a gravidez ectópica?

Sinais de gravidez ectópica antes do atraso da menstruação insuportável ou completamente ausente. A patologia é mais frequentemente diagnosticada após aborto nas primeiras semanas. Se isso não acontecesse, aumentando em embrião de tamanho estender os tecidos do tubo, ovário ou o colo do útero, causando sintomas patológicos.

Em caso de desenvolvimento de gravidez, é possível suspeitar da sua corrente anormal no período de 21-28 semanas. Para fazer isso, precisamos tirar uma análise de Hong Hong e passar um exame ultrassônico. Com uma gravidez ectópica, o nível de gonadotropina coriônica humana é sempre menor do que os indicadores característicos de um certo período de gravidez. No ultra-som, quaisquer sinais de gravidez uterina estarão ausentes.

Tipos de enemascular .jpg

Sintomas iniciais da gravidez ectópica

Se uma mulher tem um ciclo menstrual estável, imediatamente após o atraso da menstruação, ela suspeitará da gravidez. No entanto, para determinar de forma independente seu curso anômalo nas primeiras semanas problemáticas, porque muitas vezes a patologia não difere da gravidez normal e até que um certo período flui sem sintomas suspeitos.

  1. Mas já por 3 - 4 semanas em certos sinais, uma mulher pode entender que algo está errado com seu corpo. Manifestações precoces da gravidez ectópica:

  2. dor na área da parte inferior das costas, virilha e reto;

  3. dor e espasmos agudos no fundo do abdômen;

  4. dor fraca ou moderada, espasmos no estômago;

  5. Seios aumentados e dolorosos;

Violação da micção, defecação.

O teste de gravidez mostra um resultado positivo, mas outra faixa será fuzzy, mal perceptível. Isto é devido ao fato de que o nível de HCG durante a localização ectópica é significativamente menor do que durante a gravidez normal. Este sinal deve alertar uma mulher e fazer uma ocasião para marcar uma consulta ao ginecologista o mais rápido possível.

Quando o tubo uterino quebra, seus sinais

  • A ruptura do tubo uterino ocorre em regra 6 a 10 semanas de gravidez. Por via de regra, o quadro clínico da patologia começa com uma dor abdominal súbita que irradia para a virilha, parte inferior das costas. A principal causa dessa dor é o sangramento interno e a irritação da parede abdominal acumulando em sua cavidade com líquido. Outros sintomas da ruptura do tubo uterino:

  • suor frio;

  • fraqueza;

  • Palção de mucosa e pele;

  • diminuir a pressão arterial;

  • aceleração da frequência cardíaca;

  • diarréia;

  • atraso de micção;

perda de consciência.

.

Quando a barriga da palpação inflada, dolorosa na parte inferior, há sinais de irritação da cavidade abdominal. A ruptura do tubo uterino provoca hemorragia descontrolada. Portanto, na presença de pelo menos vários sintomas, é necessário urgentemente causar ambulância

sonolência.jpg.  Benefícios da MC "família saudável" Médicos com Grande sonolência.jpg.Experiência de trabalho Muitos estão satisfeitos sonolência.jpg.  Pacientes Nível de especialista sonolência.jpg.  Equipamento Baixo

Preços

Sinais de gravidez antes do atraso

O diagnóstico precoce da gravidez patológica ajudará de maneira oportuna a eliminar a anomalia, evitar complicações, manter uma função reprodutiva feminina. Portanto, toda mulher ainda durante o período de planejamento deve se familiarizar com os sinais de gravidez ectópica antes do atraso da menstruação.

icon marcador.png.Razões fisiológicas para a aparência de sinais de gravidez antes do atraso

Ovulação ocorre no 14º dia do ciclo menstrual. Se a concepção ocorreu durante esse período de tempo, o movimento fertilizado de ovo se move para a cavidade uterina e implantada em sua parede. A partir deste ponto, o organismo feminino começa a se preparar para a secagem adicional da criança e do parto. São esses processos que causam sinais característicos de gravidez, que podem ser notados antes do atraso:

Altere o gráfico da temperatura basal. Em uma mulher que não tem problemas de saúde, a temperatura basal varia na faixa de 36,3 - 36,4 ° C. 2 dias antes do amadurecimento dos ovos, o testemunho diminui para 36,2 graus, imediatamente após a ovulação, ocorre um aumento suave e a temperatura atinge a marca de 36,7 - 36,9 ° C. Após a concepção, o horário parece diferente. Após a ovulação, a curva sobe para a marca acima de 37 ° C e, após 7 dias, uma única queda é observada, após a qual a temperatura se torna novamente elevada e permanece no nível tecnular durante toda a gravidez.

Aumentar o hcg no sangue. A gonadotropina humana crônica é produzida pelas células de corião, a partir de 5 a 6 dias após a fertilização. Isso sugere que o aumento do nível de HCG é um sinal característico de gravidez. Determinar o nível de HCG é independentemente impossível. Para isso, uma mulher deve passar no exame de sangue, que ajudará a esclarecer sua condição.

Temperatura.jpg.     Pain.jpg.FLASK FUNGAL.JPG.

Sinais individuais de gravidez antes do atraso

  • Os sinais secundários da gravidez antes do atraso em cada mulher podem se manifestar individualmente, levando em conta o estado geral de saúde, idade e outros fatores internos, bem como externos. Os sintomas podem indicar a concepção:

  • sangramento de implantação;

  • membranas mucosas abundantes da vagina;

  • tordo;

  • novo, puxando a dor ou desconforto no estômago causado pelo fortalecimento do fluxo sanguíneo e da área da pequena pelve;

  • micção rápida para a micção;

  • saltos de pressão arterial afiada;

  • Dentes dendos, tontura;

  • problemas com o sono;

  • fraqueza, letargia, apatia;

  • Falta de apetite ou, pelo contrário, um sentimento insuperável de fome;

  • Mudanças em vícios aromatizantes, sensibilidade a vários odores;

inchaço e dor das glândulas mamárias.

Cada um desses sintomas pode indicar não apenas uma gravidez próspera, mas também sobre o curso patológico. Nos primeiros períodos de implantação ectópica, os mesmos sinais podem aparecer na gravidez normal. Mas como o feto cresce e o desenvolvimento do feto, a condição é visivelmente se deteriorando, o risco de desenvolver complicações graves aumenta.

Stress.jpg.

Sinais de gravidez ectópica antes de atraso

Antes do atraso, não são observados sinais pronunciados de gravidez ectópica. Assim como uma gravidez normal, o ectópico é caracterizado pela falta de menstruação, a presença de desconforto na parte inferior do abdômen ou na área de zelo.

  1. Sinais de gravidez ectópica em termos iniciais:

  2. fraqueza geral, letargia, perda de capacidade de trabalho;

  3. náusea, vômito;

Dor de cabeça, tontura.

Quando os sinais da gravidez ectopica se manifestam?

É impossível identificar uma gravidez ectópica nos primeiros prazos. Para garantir o diagnóstico, você precisa visitar o médico que conduzirá um exame ginecológico primário. No caso da gravidez ectópica durante o exame, o médico revelará que a cavidade uterina não contém um ovo fetal anexo, e as dimensões da idade reprodutiva não correspondem ao tempo. Além disso, um ultra-som é prescrito, cujos resultados mostrarão a completa ausência de um ovo fertilizado na cavidade uterina.

Como revelar uma gravidez ectópica?

Para uma imagem mais precisa, o médico prescreve o teste de sangue e o HCG. No início de uma gravidez ectópica, o nível de gonadotropina coriônica humana é menor do que na concepção normal. É possível suspeitar da patologia de acordo com os resultados de um teste expresso para a gravidez. No caso da anomalia de desenvolvimento, a segunda faixa ficará completamente pálida, pouco perceptível. Isso também está associado a uma baixa concentração de hormônio HGCH no corpo.

Onde machuca para a gravidez ectópica?

À medida que crescem e aumentando o embrião em tamanho, o bem-estar de uma mulher se deteriorará gradualmente. Espasmos aparecem e dores abdominais afiados, irradiação para a parte inferior das costas, virilha. Pode haver um aumento na temperatura corporal, saltos de pressão arterial aguda, dores de cabeça, tontura.

Quais são os sinais de gravidez ectópica, que terminou com a ruptura de tubos?

  • A ruptura de tubos para gravidez ectópica é observada em datas posteriores - 5 - 6 semanas. Esta é uma complicação muito perigosa, que é tratada apenas pelo caminho cirúrgico. Em caso de ruptura, uma mulher precisa de hospitalização e cuidados médicos de emergência. Sinais característicos de gravidez ectópica, que terminou com uma ruptura de tubos:

  • Dores abdominais agudas e insuportáveis;

  • sangramento descontrolado;

  • Fraqueza, queda na pressão arterial;

  • muco pálido e pele;

  • suor frio;

  • membros de tremor;

Vídeo.

Conclusão

Uma gravidez ectópica é um fenômeno raro, mas, no entanto, nenhuma mulher é segurada contra essa patologia perigosa. Se uma anomalia não for diagnosticada no tempo e não eliminar, as complicações, às vezes ameaçadoras, são desenvolvidas. Portanto, no estágio do planejamento infantil, a mulher deve se familiarizar com os sinais característicos da gravidez ectópica para ter uma ideia da própria patologia e suas conseqüências. Quais sintomas de gravidez ectópica mais se preocupam, explicam em detalhes um ginecologista.

Veja também:

Ginecologia Nome do serviço Preço, esfregar.)

Desconto

Ginecologia Nome do serviço Preço, esfregar.)
Consulta Recepção de um ginecologista (sem inspeção), primário
1400. Recepção do médico - ginecologista (inspeção, consulta), primário
1600. Recepção de um ginecologista (sem inspeção), primário
Recepção de um ginecologista (inspeção, consulta), repetido Recepção do médico - ginecologista (inspeção, consulta), primário
Consulta ginecologista-endocrinologista Recepção do médico de um obstetra-ginecologista para gravidez (inspeção, consulta), primário
1700. Recepção de um ginecologista (sem inspeção), primário
Recepção de um obstetra-ginecologista para gravidez (inspeção, consulta), repetida Recepção do médico - ginecologista (inspeção, consulta), primário
Consulta do ginecologista para a seleção de contracepção Recepção do médico - ginecologista (inspeção, consulta), primário
Consulta do ginecologista para infertilidade Recepção do médico - ginecologista (inspeção, consulta), primário
Consulta de um especialista com folha de deficiência Manutenção diária do paciente na deficiência deixada por 1 dia
300. Registro de incapacidade da gravidez e parto
6500. Inspeção de controle (produzido após um curso de tratamento conservador, minimamente invasivo ou cirúrgico)
800. Consulta sobre o tratamento de pesquisas (seleção de um regime de tratamento individual): 1 doença
1000. Diagrama de tratamento individual: misture
2000. Consulta sobre o tratamento de pesquisas (seleção de um regime de tratamento individual): 1 doença
Diagrama de tratamento individual: 1 doença Doutor profissional do ginecologista obstetra para gravidez, sem apego

1500.

Ginecologia Nome do serviço Preço, esfregar.)
Enquete Doutor profissional do ginecologista obstetra para gravidez, sem apego
Colposcopia prolongada Recepção do médico de um obstetra-ginecologista para gravidez (inspeção, consulta), primário
Construções de vídeo estendidas Diagrama de tratamento individual: misture
Endometria de biópsia de aspiração (biópsia de pipel) Cerviixa de biópsia

Tratamento

Ginecologia Nome do serviço Preço, esfregar.)
3000. Chlamydia de 1 a 4 gato. Dificuldades
7000-14000. Tricomoníase de 1 a 4 gato. Dificuldades
5000-7000. Candidia de 1 a 4 gato. Dificuldades
4000-8000. Candidia de 1 a 4 gato. Dificuldades
Gardnerellosis de 1 a 4 gato. Dificuldades Micoplasmose / ureaplasmose de 1 a 4 gato. Dificuldades
6000-12000. Uretrite bacteriana de 1 a 4 gato. Dificuldades
4000-9000. Tratamento de doenças inflamatórias de órgãos genitais femininos de 1 a 4 gato. Dificuldades
4000-12000. Tratamento antiviral de 1 a 4 gato. Dificuldades
8000-12000. Tratamento de infertilidade de genes inflamatórios de 1 a 4 gato. Dificuldades
8000-14000. Tratamento de condil / papiloma pontiagudo único (custo para 1 unidade)
700. Tratamento de condil / papilloom pontiagudo: múltiplos de 1 a 4 gato. Dificuldades
2500-5500. Tratamento de condil / papiloma pontiagudo: condilomatose
9500. Tratamento de displasia cervical pelo método radiocirúrgico
3500. Tratamento da erosão cervical pelo método radiocirúrgico de 1 a 3 gato. Dificuldades

3500-7000.

Ginecologia Nome do serviço Preço, esfregar.)
Manipulações Inspeção de controle (produzido após um curso de tratamento conservador, minimamente invasivo ou cirúrgico)
Vestir pós-operatório Cardiografia (CTG) Fetal
1900. Cardiotokography (CTG) com gravidez múltipla
2500. Ricta.
350. Introdução Anel "Nova-Ring" / Remoção
500/500. Instilação de tampão de lama
400. Cardiotokography (CTG) com gravidez múltipla
Abertura do cisto da vagina Doutor profissional do ginecologista obstetra para gravidez, sem apego
Abertura e drenagem do furúnculo (virilha) Abertura do abscesso de glândulas de bartolina de 1 a 4 gato. Dificuldades
5000-10000. Consulta sobre o tratamento de pesquisas (seleção de um regime de tratamento individual): 1 doença
Abertura do cisto desagradável com um método radiocirúrgico (para 1 pc.) Cardiotokography (CTG) com gravidez múltipla
Tratamento médico de doenças cervicais (Solkovagin) Cardiotokography (CTG) com gravidez múltipla
Diathermocoagulação doenças cervicais Cardiotokography (CTG) com gravidez múltipla
Cryodestrasse de doenças cervicais Tratamento de condil / papiloma pontiagudo único (custo para 1 unidade)
Cryodestrasse de tumores benignos de órgãos genitais externos Consulta sobre o tratamento de pesquisas (seleção de um regime de tratamento individual): 1 doença
Cryodestrivtion Papil. Cardiotokography (CTG) com gravidez múltipla
Introdução da espiral intrauterina fornecida pelo cliente Cardiotokography (CTG) com gravidez múltipla
Introdução de espiral intrauterina "Mirena" (excluindo o valor da Marinha) Espiral "mirien"
15000. Introdução da espiral intrauterina fornecida pelo contratante: espiral "Multiotud"
4000. Remoção de espirais intra-uterinas não complicadas / complicadas
1500/2500. Remoção de corpos estranhos da vagina descomplicada / complicada
1200/2000. Manutenção diária do paciente na deficiência deixada por 1 dia
Instilação da preparação medicinal Processamento de órgãos genitais ao ar livre
500. Processamento de órgãos genitais ao ar livre
Vagina / processamento cervical Processamento de órgãos genitais ao ar livre
Banho medicinal medicinal Processamento de órgãos genitais ao ar livre

Saneamento da vagina

Ginecologia Nome do serviço Preço, esfregar.)
Interrupção médica da gravidez Pharmacet - assistência médica de garantia
1950. A droga "mifepristone" (Rússia) (incluiu todas as análises e pesquisas necessárias, incl. Ultra-som)
9000. A droga "mifegin" (França) (incluiu todas as análises e pesquisas necessárias, incluindo ultra-som)
14000. Tratamento de complicações após um aborto de medicação de 1 a 4 gato. Dificuldades

2000-5000.

Ginecologia Nome do serviço Preço, esfregar.)
Manter o programa de gravidez "Tratado" 1 trimestre (especifique o custo exato por telefone, pequenas alterações são possíveis)
28845. 2 trimestre (verifique com precisão por telefone, pequenas alterações são possíveis)
18149. 3 trimestre (especifique o custo exato por telefone, pequenas alterações são possíveis)
30690. 1, 2, 3 trimestre (especifique o custo exato por telefone, pequenas alterações são possíveis)
73368.

Gravidez ectópica

representa patologia

Gravidez

em que o ovo fertilizado é implantado (

Em anexo

) Fora da cavidade

Matties.

. Essa doença é extremamente perigosa, pois ameaça o dano aos órgãos genitais internos de uma mulher com o desenvolvimento de sangramento, assim requer cuidados médicos imediatos.

O local de desenvolvimento da gravidez ectópica depende do conjunto de fatores e na maioria esmagadora (

98 - 99%

) Eu tenho que

(

os tubos de falópio

Como o óvulo fertilizado é passado através deles no caminho dos ovários para a cavidade uterina

). Nos casos restantes, desenvolve-se nos ovários, na cavidade abdominal (

Implantação em loops intestinais, fígado, glândula

), no colo do útero.
  • Na evolução da gravidez ectópica, é habitual alocar as seguintes etapas: Desenvolvendo a gravidez.
  • Com uma gravidez ectópica em desenvolvimento, que prossegue contra o fundo de um bem-estar comparativo de uma mulher, há apenas sinais duvidosos e probabilísticos da gravidez. Gravidez ectópica interrompida.
 

Com a gravidez ectópica interrompida, o ovo de frutas provoca uma ruptura do tubo de falópio, sangramento ou outros distúrbios que ameaçam a vida da mãe.

É necessário entender que o estágio da gravidez ectópica, nos quais ocorreu diagnósticos, determina as táticas mais previsões e terapêuticas. Quanto mais cedo esta doença é detectada, a previsão mais favorável. No entanto, o diagnóstico precoce está associado a uma série de dificuldades, uma vez que 50% das mulheres não são acompanhadas por quaisquer características específicas que permitam ser assumidas sem exame adicional. O surgimento dos sintomas é mais frequentemente associado ao desenvolvimento de complicações e sangramento (

20% das mulheres no momento do diagnóstico Há sangramento interno maciço

).

A frequência da gravidez ectópica é de 0,25 - 1,4% entre todas as gravidezes (

Incluindo entre abortos registrados, aborto espontâneo, natimercial, etc.

). Nas últimas décadas, a frequência dessa doença aumentou um pouco e, em algumas regiões, 4 a 5 vezes aumentou em comparação com o indicador de vinte e trinta anos atrás.

Mortalidade materna causada por complicações da gravidez ectópica médias de 4,9% nos países em desenvolvimento e menos de um por cento em países com medicina desenvolvida. A principal causa de mortalidade é atrasar o início do tratamento e o diagnóstico errado. Cerca de metade dos casos de gravidez ectópica permanecem não diagnosticadas até o desenvolvimento de complicações. A redução da taxa de mortalidade pode ser obtida graças a métodos de diagnóstico modernos e métodos de tratamento minimamente invasivos.
  • Fatos interessantes:
  • casos de ocorrência simultânea de gravidez ectópica e normal foram registradas;
  • Casos de gravidez ectópica foram registrados simultaneamente em dois tubos uterinos;
  • A literatura descreve casos de múltipla gravidez ectópica; Casos únicos de gravidez ectópica empoeirada são descritos, em que a placenta foi ligada ao fígado ou ao selo ( Autoridades com área suficiente e fornecimento de sangue
  • );
  • A gravidez ectópica em casos extremamente raros pode se desenvolver na porção cervosa do útero, bem como em um rudimentar, não comunicada com o útero, ROG;
  • O risco de desenvolver gravidez ectópica aumenta com a idade e atinge um máximo após 35 anos; A fertilização extracorpórea está associada a dez vezes o risco de gravidez ectópica ( Autoridades com área suficiente e fornecimento de sangue
  • associado a violações hormonais

O risco de desenvolver a gravidez ectópica é maior entre as mulheres que têm gravidez ectópica na história da doença, os familiares não-leshes da gravidez, doenças inflamatórias dos órgãos genitais internos, operações nos tubos de falópio.

Anatomia e fisiologia do útero quando concebidos

Para uma melhor compreensão de como a gravidez ectópica ocorre, bem como para perceber os mecanismos que podem provocá-lo, é necessário descobrir o quão normal

concepção

E a implantação de um ovo fetal.

A fertilização é o processo de fundir as células sexuais masculinas e femininas - espermatozóides e óvulos. Isso acontece, geralmente, após a relação sexual, quando os espermatozóides passam da cavidade da vagina através da cavidade uterina e os tubos uterinos para o ovo, publicado nos ovários.

Os ovos são sintetizados nos ovários - órgãos genitais das mulheres, que também têm uma função hormonal. Nos ovários durante o primeiro semestre

ciclo menstrual

Há um amadurecimento gradual de um ovo (

Normalmente, um ovo para um ciclo menstrual

), com uma mudança e preparação para fertilização. Paralelamente com isso, várias mudanças estruturais mucosa interna camada passa (

Endométrio

), que engrossa e está se preparando para tomar um ovo fetal para implantação.

A fertilização torna-se possível somente depois que aconteceu

ovulação

, isto é, depois que os ovos maduros saíram do folículo (

Componente estrutural do ovário, em que o amadurecimento do ovo

). Acontece ao redor do meio do ciclo menstrual. A célula de ovo saiu do folículo, juntamente com as células ligadas a ele formando a coroa radiante (

Escudo exterior realizando uma função protetora

) entra na extremidade da margem do tubo uterino com o lado apropriado (

Embora os casos fossem relatados quando as mulheres com um ovos ovário funcionando estavam no tubo do lado oposto

) e transferidos com células de cílios que revestem a superfície interna dos tubos uterinos, profundamente no órgão. Fertilização (

Encontro com espermatozóides

) Ocorre na parte mais ampla do tubo. Depois disso, já existe um ovo fertilizado usando o epitélio Cilia, bem como devido ao fluido atual para a cavidade uterina, e decorrente da secreção de células epiteliais, se move através de todo o tubo uterino para a cavidade uterina, onde sua implantação ocorre.

Deve-se notar que no corpo feminino existem vários mecanismos que causam um atraso no avanço do ovo fertilizado à cavidade uterina. É necessário que os ovos tenham alguns estágios de fissão e se preparem para a implantação antes de entrar na cavidade uterina. Caso contrário, o ovo da fruta pode ser incapaz de introduzir em endométrio e pode ser realizado para o ambiente externo.
  • O atraso na promoção do óvulo fertilizado é assegurado pelos seguintes mecanismos: As dobras da membrana mucosa dos tubos uterinos.
  • As dobras da membrana mucosa diminuem significativamente a promoção do ovo fertilizado, já que, primeiro, eles aumentam o caminho que deve passar e, em segundo lugar, a corrente fluida que transporta o ovo é atrasada. Redução espástica do carbuster do tubo uterino ( Parte do tubo localizado 15 - 20 mm antes da entrada do útero ). As saídas do tubo uterino estão em um estado de espástica ( Permanente

) Redução dentro de alguns dias após a ovulação. Isso complica muito o avanço do ovo.

Com o funcionamento normal do organismo feminino, esses mecanismos são eliminados dentro de alguns dias, devido ao aumento da secreção

progesterona.

- hormona feminina servindo para manter a gravidez e produzida por um corpo amarelo (

20% das mulheres no momento do diagnóstico Há sangramento interno maciço

parte do ovário de onde os ovos saíram

Ao chegar a um certo estágio do desenvolvimento de um ovo fetal (

Blastocistos de palco, em que o embrião consiste em centenas de células

) O processo de implantação começa. Este processo, que é realizado após 5 a 7 dias após a ovulação e a fertilização, e que normal ocorrer na cavidade uterina, é o resultado das atividades de células especiais localizadas na superfície do ovo fetal. Essas células secretam substâncias especiais que derrete as células e a estrutura do endométrio, que permite que você seja incorporado na camada mucosa do útero. Após a introdução de um ovo de frutas, suas células começam a multiplicar e formar uma placenta e outros órgãos embrionários necessários para o desenvolvimento do embrião.

Assim, no processo de fertilização e implantação existem vários mecanismos, cuja ruptura pode causar implantação incorreta, ou implantação em um lugar diferente da cavidade uterina.
  • A violação dessas estruturas pode levar ao desenvolvimento da gravidez ectópica: Redução de interrupção de tubos uterinos para promover espermatozóides.
  • O movimento de espermatozóides da cavidade uterina para a porção ampular do tubo uterino vem contra a corrente fluida e, consequentemente, difícil. A redução dos tubos uterinos contribui para uma promoção mais rápida de espermatozóides. A violação desse processo pode causar uma reunião anterior ou posterior das células ovos com espermatozóides e, consequentemente, os processos relacionados à promoção e implantação do ovo fetal podem dar um pouco de maneira diferente. Violação dos movimentos do epitélio de cílios.
  • Os movimentos do epitélio de cílios são ativados por hormônios sexuais de estrogênio - mulheres produzidas por ovários. Os movimentos de cílios são direcionados da parte externa do tubo até a sua entrada, em outras palavras, dos ovários ao útero. Na ausência de movimentos, ou durante a orientação para trás, o ovo de fruta pode permanecer no lugar ou se mover na direção oposta. A sustentabilidade do espasmo espástica é o nome do carro do tubo uterino.
  • Uma redução espástica do tubo uterino é eliminada por progesterões. Se houver violação de seus produtos, ou por qualquer outro motivo, esse espasmo pode ser preservado e causar o atraso do ovo fetal no lúmen dos tubos uterinos. Violação da secreção de células epiteliais phallopy ( Mental ) Tubos.
  • A atividade secreta das células do epitélio dos tubos uterinos forma o fluido atual que promove o avanço do ovo. Com sua ausência, esse processo diminui significativamente. Violação da atividade contrátil de tubos uterinos para promover o ovo fetal. A redução dos tubos uterinos não só contribui para a promoção do espermatozóide da cavidade uterina para o ovo, mas também o movimento do óvulo fertilizado para a cavidade uterina. No entanto, mesmo sob condições normais, a atividade contrátil dos tubos de phallopyan é bastante fraca, mas, no entanto, facilita o avanço do ovo ( que é especialmente importante na presença de outras violações

).

Apesar do fato de que a gravidez ectópica se desenvolve fora do útero, isto é, nesses tecidos que não se destinam a implantação, estágios iniciais de educação e formação de órgãos féticos e embrionários (

placenta, saco amniótico, etc.

) Observe normalmente. No entanto, no futuro, o curso da gravidez é inevitavelmente violado. Isso pode ocorrer devido ao fato de que a placenta, que é formada no lúmen dos tubos uterinos (

mais frequente

) ou em outros órgãos, destrói os navios e provoca o desenvolvimento da hematossalpinx (

Cluster de sangue no lúmen da fralópia

), sangramento intra-abdominal ou ambos ao mesmo tempo. Normalmente, este processo é acompanhado pelo aborto do feto. Além disso, a probabilidade é extremamente grande que a fruta crescente causará uma pausa do tubo ou sérios danos a outros órgãos internos.

Causas da gravidez ectópica

A gravidez ectópica é uma patologia para a qual não há ninguém, uma causa ou fator de risco estritamente definido. Esta doença pode se desenvolver sob a ação de muitos fatores diferentes, alguns dos quais ainda não são detectados.

Na esmagadora maioria dos casos, a gravidez ectópica ocorre devido à violação do processo de transportar um ovo ou um ovo fetal, ou devido à atividade excessiva de blastocistos (

Um dos estágios do desenvolvimento de um ovo fetal

). Tudo isso leva ao fato de que o processo de implantação começa no momento em que o ovo de frutas não atingiu a cavidade uterina (

Um caso separado é uma gravidez ectópica com localização em um colo do útero, que pode estar associado a um atraso de implantação ou promoção muito rápida de um ovo fetal, mas que ocorre extremamente raramente

).
  • A gravidez ectópica pode se desenvolver pelas seguintes razões: Blastocists de atividade prematura.
  • Em alguns casos, a atividade prematura de blastocistos com a liberação de enzimas que contribuem para o derretimento dos tecidos a serem introduzidos podem causar gravidez ectópica. Isso pode ser devido a algumas anomalias genéticas, com os efeitos de quaisquer substâncias tóxicas, bem como com falhas hormonais. Tudo isso leva ao fato de que o ovo de frutas começa a ser implantado no segmento do tubo uterino em que é atualmente. Violação da promoção do ovo fetal nos tubos uterinos. A violação da promoção do ovo de fruta no tubo uterino leva ao fato de que o óvulo fertilizado atrasou em algum segmento do tubo ( Ou do lado de fora, se não foi capturado pela franja da phalópia
 

), e na ocorrência de um certo estágio de desenvolvimento do embrião começa a ser implantado na região relevante.

A violação da promoção de um óvulo fertilizado à cavidade uterina é considerada a causa mais comum de gravidez ectópica e pode ocorrer devido a muitas mudanças estruturais e funcionais diferentes.
  • A violação da promoção do ovo fetal nos tubos uterinos pode ser causada pelos seguintes motivos:
  • processo inflamatório em captadores uterinos;
  • operações nos tubos uterinos e nos órgãos da cavidade abdominal;
  • Falhas hormonais;
  • endometriose de tubos uterinos;
  • anomalias congénitas;
  • tumores em uma pequena pelve;

Impacto de substâncias tóxicas.

Processo inflamatório nos deuses do útero

Processo inflamatório em picles uterinos (

Tubos de bombeamento, ovário

) É a causa mais comum de gravidez ectópica. O risco de desenvolver esta patologia é alto como em aguda

(

Salpingite.

Inflamação de tubos uterinos

) e em crônico. Além disso, os agentes infecciosos que são a causa mais comum do desenvolvimento da inflamação, causam mudanças estruturais e funcionais nos tecidos de tubos de phallopy, contra o pano de fundo da qual a probabilidade de promoção da célula de ovo fertilizada é extremamente alta.

A inflamação nos apêndices do útero pode ser causada por uma variedade de fatores prejudiciais (

Toxinas, radiação, processos autoimunes, etc.

), No entanto, muitas vezes surge em resposta à penetração de um agente infeccioso. Estudos em que as mulheres com salpingite participavam, revelaram que na esmagadora maioria dos casos, esta doença provocada por patógenos opcionais (

causar doenças apenas na presença de fatores predisponentes

), entre quais estirpes constituindo normais são a maior importância.

Microflora

cara (

Varinha intestinal

). Patógenos

Doenças sexualmente transmissíveis

, embora eles sejam um pouco menos comuns, representem um perigo maior, já que eles pronunciaram propriedades patogênicas. Muitas vezes, a derrota dos apêndices do útero está conectada com

clamídia

- Gênero sexual

infecção

Para o qual a corrente oculta é extremamente característica.
  • Agentes infecciosos podem penetrar nos tubos de falópio das seguintes maneiras: Pista. Como uma maneira crescente, a maioria dos agentes infecciosos é inserida. Isso acontece quando a distribuição gradual do processo inflamatório infeccioso das seções inferiores do trato genital ( Vagina e Cervix
  • ) Para cima - para a cavidade do útero e tubos uterinos. Este caminho é característico de agentes causativos de infecções sexuais, fungos, bactérias condicionalmente patogênicas, bactérias grotteres. Caminho linfogênico ou hematogênico. Em alguns casos, os agentes causadores da infecção podem ser inscritos nos apêndices do útero, juntamente com a corrente de linfa ou sangue de focos inflamatórios infecciosos em outros órgãos ( Parte do tubo localizado 15 - 20 mm antes da entrada do útero
  • tuberculose, infecção estafilocócica, etc. Aprimoramento direto de agentes infecciosos. O recinto direto de agentes infecciosos nos tubos de falópio é possível em manipulações médicas sobre os órgãos da pequena pelve, sem cumprir as regras adequadas de assepsis e anti-sépticos ( Abortos ou manipulação ectópica fora das instituições médicas
  • ), bem como lesões abertas ou penetrantes. Contato.

Agentes infecciosos podem penetrar nos tubos uterinos com contato direto com focos inflamatórios infecciosos nos órgãos abdominais.

A violação da função de tubo uterina está associada ao efeito direto das bactérias patogênicas em sua estrutura, bem como com a resposta mais inflamatória, que é destinada a limitar e eliminar a lareira infecciosa, pode causar danos locais significativos.
  • O impacto do processo infeccioso e inflamatório para os tubos uterinos tem as seguintes conseqüências: A atividade da cilia da camada mucosa dos tubos uterinos é perturbada.
  • A mudança na atividade das cílios do epitélio dos tubos uterinos está associada à mudança no meio na lúmen de tubos, com uma diminuição na sua sensibilidade à ação de hormônios, bem como com destruição parcial ou completa de o cílio. A composição e a viscosidade das células secular de alterações de tubos de phallopy.
  • Os efeitos das substâncias pró-inflamatórias e produtos de produtividade das bactérias sobre as células da membrana mucosa dos tubos uterinos provocam uma violação de suas atividades secretoras, o que leva a uma diminuição na quantidade de fluido produzida, a uma mudança na sua composição e para um aumento na viscosidade. Tudo isso significativamente diminui o avanço do ovo. Há um edema, um estreitamento da inteligência do tubo de Falópio.

O processo inflamatório é sempre acompanhado por inchaço causado pelo tecido de edema. Este edema em um espaço tão limitado à medida que a inteligência do tubo uterino pode causar seu bloqueio completo, o que levará à impossibilidade de concepção ou à gravidez ectópica.

Operações nos tubos de falópio e nos órgãos da cavidade abdominal

Intervenções cirúrgicas, mesmo minimamente invasivas, conjugadas com algumas, mesmo ferimentos mínimos que podem provocar alguma mudança na estrutura e função dos órgãos. Isto é devido ao fato de que um tecido de conexão é formado no local de lesão ou defeito, que não é capaz de executar uma função sintética ou contrátil, que leva um volume ligeiramente maior, e que altera a estrutura do órgão.
  • A gravidez ectópica pode ser provocada pelas seguintes intervenções cirúrgicas: Operações nos órgãos da cavidade abdominal ou pelve pequena que não afetam os genitais. As operações nos órgãos abdominais podem afetar indiretamente a função dos tubos uterinos, já que o processo de adesão pode desencadear, e também pode causar violação de seu suprimento de sangue ou inervação ( Parte do tubo localizado 15 - 20 mm antes da entrada do útero
  • Interseção aleatória ou deliberada ou lesão de embarcações e nervos durante a cirurgia Operações em genitais. A necessidade de cirurgia nos tubos uterinos ocorre se houver patologias ( Tumor, abscesso, infecciosa lareira inflamatória, gravidez ectópica

). Após a formação do tecido conjuntivo na seção da seção e costura, a capacidade do tubo para reduzir, sua mobilidade é perturbada. Além disso, seu diâmetro interno pode diminuir.

Separadamente, deve ser mencionado sobre tal método de esterilização feminina como um lixo de tubos uterinos. Este método envolve a imposição de ligaduras para os tubos de falópio (

Às vezes - sua interseção ou cavidade

) Durante a cirurgia. No entanto, em alguns casos, este método de esterilização não é eficaz o suficiente, e a gravidez ainda surge. No entanto, uma vez que, devido à bandagem do tubo uterino, é significativamente estreitada, a migração normal do ovo de fruta na cavidade uterina torna-se impossível, o que leva ao fato de que é implantado no tubo uterino e a gravidez ectópica se desenvolve.

Falhas hormonais

A operação normal do sistema hormonal é extremamente importante para manter a gravidez, pois os hormônios controlam o processo de ovulação, fertilização e promoção do ovo de frutas nos tubos uterinos. Se houver falhas da função endócrina, esses processos podem ser violados, e uma gravidez ectópica pode se desenvolver.

Hormônios esteróides produzidos por ovários - progesterona e estrogênio são de particular importância na regulação do trabalho do sistema reprodutivo. Esses hormônios têm um impacto um pouco diferente, já que o pico da concentração de cada um deles cai em várias fases do ciclo menstrual e da gravidez.
  • Progesterona tem os seguintes efeitos:
  • Inibe os movimentos dos ciliados do epitélio do tubo;
Reduz a atividade contrátil dos músculos lisos dos tubos uterinos.
  • O estrogênio tem os seguintes efeitos: Aumenta a frequência de flicker do epitélio ciliar ( Autoridades com área suficiente e fornecimento de sangue
  • A concentração de hormônio muito alta pode causar sua imobilização.
  • estimula a atividade contrátil dos músculos lisos do tubo uterino;

Afeta o desenvolvimento de tubos uterinos no processo de formação de órgãos genitais.

A mudança cíclica normal da concentração de dados hormônios permite-lhe criar condições ideais para fertilização e migração do ovo de fruta. Quaisquer alterações em seu nível podem causar um atraso de ovos e sua implantação fora do útero.
  • Os seguintes fatores contribuem para mudar o nível de hormônios sexuais:
  • violação do trabalho ovariano;
  • Falhas do ciclo menstrual; o uso de contraceptivos orais contendo apenas progestina ( Autoridades com área suficiente e fornecimento de sangue
  • Análogo sintético da progesterona contracepção de emergência ( Autoridades com área suficiente e fornecimento de sangue
  • Levonorgestrel, mifepristone.
  • Indução da ovulação usando injecções de clomifeno ou gonadotropina;
  • estresse;

Distúrbios neurológicos e vegetativos.

Outros hormônios também, até certo ponto, participam da regulamentação da função reprodutiva. Mudar sua concentração em um lado grande ou menor pode ter efeitos extremamente adversos para a gravidez.
  • A violação dos seguintes órgãos de secreção interna pode provocar uma gravidez ectópica: Tireoide.
  • Os hormônios da tireóide são responsáveis ​​por muitos processos metabólicos, incluindo a transformação de algumas substâncias envolvidas no regulamento da função reprodutiva. Ad-renal.
  • As glândulas supra-renais sintetizam uma série de hormônios esteróides necessários para operação normal dos genitais. Hypotalamus, pituitária.

A glândula hipotálamo e pituitária são estruturas cerebrais que produzem uma série de hormônios com atividade regulatória. A violação do seu trabalho pode causar uma falha significativa no trabalho de todo o organismo, incluindo o sistema sexual.

Endometriose.

Endometriose é uma patologia em que as ilhas endometriais funcionam (

camada mucosa do útero

) acabam por estar fora do útero (

mais frequentemente - nos tubos de falópio, no peritônio

). Esta ailion ocorre ao lançar sangue menstrual contendo células endométricas, da cavidade uterina até a cavidade abdominal através dos tubos uterinos. Resultado, essas células estão chegando, os centros que funcionam e mudam ciclicamente durante o ciclo menstrual são multiplicados.

A endometriose é uma patologia, na presença da qual o risco de desenvolver aumentos da gravidez ectópica. Isso se deve a algumas mudanças estruturais e funcionais que ocorrem em órgãos reprodutivos.
  • As seguintes mudanças ocorrem durante a endometriose:
  • A frequência de cintilação dos ciliates do epitélio do tubo é reduzida;
  • O tecido de conexão é formado no lúmen do tubo uterino;

O risco de infecção de tubos uterinos aumenta.

Anomalias de órgãos genitais

As anomalias dos órgãos genitais podem causar, devido ao que o movimento do ovo de fruta nos tubos uterinos será difícil, desacelerada, muito tempo, ou a todos impossível.
  • As seguintes anomalias são de particular importância: Infantilismo genital.
  • O infantilismo genital é um atraso no desenvolvimento do corpo, no qual os genitais têm algumas características anatômicas e funcionais. Para o desenvolvimento da gravidez ectópica, os tubos uterinos são de particular importância a um determinado desenvolvimento maior que o comum. Isso aumenta o tempo de migração do ovo de frutas e, consequentemente, contribui para a implantação fora do útero. Estenose de tubos uterinos.
  • Estenose, ou um estreitamento de tubos uterinos, é uma patologia que pode ocorrer não apenas sob a influência de vários fatores externos, mas que podem ser congênitos. Estenose significativa pode causar infertilidade, no entanto, um estreitamento menos pronunciado também pode impedir o processo de migração de um ovo para a cavidade uterina. Divertículo de tubos uterinos e útero.

O divertículo é protrusão sacrificante da parede do órgão. Eles dificultam muito o transporte de ovos e, além disso, podem atuar como uma lareira inflamatória infecciosa crônica.

Tumores em uma pequena pélvis

Os tumores em uma pequena pelve podem afetar significativamente o processo de transportar um óvulo nos tubos uterinos, pois, em primeiro lugar, podem causar uma mudança na posição dos órgãos genitais ou sua compressão, e em segundo lugar, posso alterar diretamente o diâmetro de o escopo do tubo uterino e a função das células epiteliais. Além disso, o desenvolvimento de alguns tumores está associado a distúrbios hormonais e metabólicos, que, de uma forma ou de outra, afetam a função reprodutiva do corpo.

Efeito de substâncias tóxicas

Sob a influência de substâncias tóxicas, o trabalho da maioria dos órgãos e sistemas do corpo humano é violado. Quanto mais tempo a mulher estiver exposta a substâncias nocivas, e quanto maior a quantidade deles entrar no corpo, os distúrbios mais sérios que podem provocar.

A gravidez ectópica pode ocorrer sob a influência de muitas substâncias tóxicas. É dada especial atenção às toxinas contidas em fumaça de tabaco, álcool e substâncias narcóticas, pois são generalizadas e aumentam o risco de desenvolver a doença mais de três vezes. Além disso, poeira industrial, sais de metais pesados, vários pares venenosos e outros fatores que freqüentemente acompanham os processos produzidos, também têm um forte impacto no corpo da mãe e sua função reprodutiva.
  • Substâncias tóxicas causam as seguintes mudanças no trabalho do sistema reprodutivo:
  • atraso de ovulação;
  • Mudando a redução de tubos uterinos;
  • Reduzindo a frequência da ciliação do epitélio do tubo;
  • comprometimento da imunidade com um aumento no risco de infecção dos órgãos genitais internos;
  • mudança de circulação sanguínea local e geral;
  • mudanças na concentração de hormônios;

Distúrbios neategetativos.

Fertilização extracorporal

A atenção separada merece fertilização extracorpórea, que é uma das formas de combater a infertilidade em um par. Com fertilização artificial, o processo de concepção (

Mesclar ovos com espermatozóide

) Acontece fora do corpo de uma mulher e os embriões viáveis ​​são colocados no útero artificialmente. Este método de conceito é associado a um risco maior de gravidez ectópica. Isto é explicado pelo fato de que as mulheres que recorrem a este tipo de fertilização já existem patologia de tubos uterinos ou outros departamentos do sistema reprodutivo.

Fatores de risco

Como mencionado acima, uma gravidez ectópica é pobre, que pode ser desencadeada por uma variedade de fatores diferentes. Com base nas possíveis causas e mecanismos subjacentes ao seu desenvolvimento, bem como com base em muitos anos de estudos clínicos, várias fatores de risco foram reveladas, ou seja, fatores que aumentam significativamente a probabilidade de gravidez ectópica.
  • Fatores de risco para o desenvolvimento da gravidez ectópica são:
  • transferido gravidez ectópica;
  • infertilidade e seu tratamento no passado;
  • fertilização extracorpórea;
  • estimulação de ovulação;
  • progestendo contraceptivos;
  • Mãe idade mais de 35 anos;
  • fumar;
  • sexo indiscriminado;
  • esterilização ineficiente por tangling ou causando tubos uterinos;
  • infecções dos sépitos superiores de órgãos genitais;
  • anormalidades genitais congênitas e adquiridas;
  • operações nos órgãos abdominais;
  • Doenças inflamatórias infecciosas dos órgãos abdominais e pelve pequena;
  • problemas neurológicos;
  • estresse;

Estilo de vida passivo.

Sintomas de gravidez ectópica

Os sintomas da gravidez ectópica dependem da fase de seu desenvolvimento. Durante a gravidez ectópica progressiva, quaisquer sintomas específicos são geralmente ausentes e durante a interrupção da gravidez, que pode prosseguir pelo tipo de aborto ou ruptura do tubo, há uma imagem clínica brilhante de um abdômen agudo, exigindo hospitalização imediata.

Sinais de gravidez ectópica progressiva

Gravidez ectópica progressiva, na maioria esmagadora, os casos não são diferentes no fluxo clínico da gravidez uterina normal. Durante todo o período, ocorre o desenvolvimento do feto, supostamente pode ser detectado (

Sensações subjetivas experimentadas grávidas

) e provável (

detectado durante uma inspeção objetiva

) Sinais de gravidez. (Suplementar )Duvidoso
  • Sinais de gravidez são:
  • náusea, vômito;
  • mudança de apetite e preferências de gosto;
  • sonolência;
  • Mudança frequente de humor;
  • irritabilidade;
  • aumento da sensibilidade aos cheiros;
  Aumentar a sensibilidade das glândulas mamárias.
  • Sinais prováveis ​​de gravidez são:
  • Rescisão da menstruação em uma mulher que vive na vida sexual e idade inintendida; Sonya Coloring ( cianose
  • ) a membrana mucosa dos órgãos genitais - a vagina e o colo do útero;
  • Fabricação das glândulas mamárias; Isolamento do colostro das glândulas mamárias ao pressionar ( Autoridades com área suficiente e fornecimento de sangue
  • importa apenas na primeira gravidez
  • suavizando o útero;
  • redução e vedação do útero durante o estudo seguido de amolecimento;
  • assimetria uterina na gravidez precoce;
 

Mobilidade do colo do útero.

A presença dessas características em muitos casos indica uma gravidez em desenvolvimento e, ao mesmo tempo, esses sintomas são os mesmos para a gravidez fisiológica e ectópica. Deve-se notar que os sinais duvidosos e prováveis ​​podem ser causados ​​não apenas pelo desenvolvimento do feto, mas também algumas patologias (

20% das mulheres no momento do diagnóstico Há sangramento interno maciço

tumores, infecção, estresse, etc.

Sinais significativos de gravidez (

Batimento cardíaco fetal, movimentos fetais, sensação de grandes partes

) Com a gravidez ectópica, é extremamente rara, pois são característicos dos estágios posteriores do desenvolvimento intra-uterino, antes do início dos quais várias complicações costumam ser desenvolvidas - um aborto de tubo ou uma pausa.

Em alguns casos, a gravidez ectópica progressiva pode ser acompanhada de dor e sangrenta

descarga

De caminhos genitais. Ao mesmo tempo, para esta patologia da gravidez, um pequeno número de descargas é caracterizado (

Em contraste com o aborto espontâneo durante a gravidez uterina, quando as dores são baixadas, e as alocações são abundantes

).

Sinais de aborto de tubo

O aborto de tubo ocorre mais frequentemente por 2 - 3 semanas após a ofensiva

Atrasos de menstruação

Como resultado da rejeição do feto e suas conchas. Este processo é acompanhado por um número de sintomas característicos do aborto espontâneo em combinação com duvidosos e prováveis ​​(

Náusea, vômito, mudança de sabor, atraso menstrual

) Sinais de gravidez.
  • O aborto tubular é acompanhado pelos seguintes sinais: Dor periódica. Periódica, a dor na parte inferior do abdômen estão associadas a uma redução no tubo uterino, bem como com seu possível enchimento de sangue. As dores são irradiadas ( Dar
  • ) Na área do reto, a virilha. A aparência da dor aguda permanente pode indicar hemorragia no sangue à cavidade abdominal com irritação do peritônio. Seleção de sangue do trato sexual. A ocorrência de descarga sangrenta está associada à rejeição de endometrial deciditualmente modificado ( Parte do sistema uterino placentário no qual ocorrem processos metabólicos
  • ), bem como com danos parciais ou completos aos vasos sanguíneos. O volume de secreções sangrentas do trato sexual pode não corresponder ao grau de perda de sangue, já que a maior parte do sangue através do absurdo dos tubos uterinos pode entrar na cavidade abdominal. Sinais de sangramento oculto. O sangramento com aborto de tubo pode ser insignificante e, em seguida, a condição geral da mulher não pode ser quebrada. No entanto, com o volume de perda de sangue, mais de 500 ml parecem dores severas na parte inferior do abdômen com irradiação no hipocôndrio direito, a região inter-docilar, a clavícula certa ( Devido à irritação de sangue peritôneo

). Há uma fraqueza, tontura, desmaio, náusea, vômito. Há um batimento cardíaco rápido, uma diminuição na pressão arterial. Uma quantidade significativa de sangue na cavidade abdominal pode causar um aumento ou inchaço.

Sinais da ruptura do tubo uterino

A ruptura do tubo uterino, que ocorre sob a ação de um embrião em desenvolvimento e crescente, é acompanhado por um quadro clínico brilhante, que geralmente surge de repente contra o fundo de um bem-estar completo. O principal problema com este tipo de interrupção da gravidez ectópica é abundante sangramento internamente, que forma os sintomas da patologia.
  • A ruptura do tubo uterino pode ser acompanhada pelos seguintes sintomas: Menor dor abdominal.
  • A dor no fundo do abdômen surge devido à ruptura do tubo uterino, bem como por causa da irritação do sangue peritôneo. A dor geralmente começa ao lado do tubo "grávida" com a distribuição adicional na área da virilha, a passagem traseira, o hipocondrium direito, a clavícula da direita. A dor é constante, é aguda. Fraqueza, perda de consciência. Fraqueza e perda de consciência surgem devido à hipóxia ( Deficiência de oxigênio ) Cérebro, que se desenvolve devido à redução da pressão arterial ( No contexto da redução do sangue circulante
  • ), bem como devido à diminuição no número de eritrócitos que transportam oxigênio. Causas para defecação, cadeira líquida.
  • A irritação peritoniana no campo do reto pode provocar frequentes chamadas de defecação, bem como uma cadeira líquida. Nausea e vomito.
  • Náusea e vômito surgem reflexivamente devido à irritação do peritônio, bem como devido ao impacto negativo da hipóxia no sistema nervoso. Sinais de choque hemorrágico. Choque hemorrágico ocorre com um grande volume de perda de sangue, que ameaça diretamente a vida de uma mulher. Os sinais deste estado são a palidez da pele, apatia, a inibição da atividade nervosa, suor frio, falta de ar. Dureza é observada, reduziu a pressão arterial ( Parte do tubo localizado 15 - 20 mm antes da entrada do útero
 

O grau de redução dos quais corresponde à gravidade da perda de sangue

Junto com esses sintomas, há sinais prováveis ​​e presuntivos de gravidez, latência da menstruação.

Diagnóstico de gravidez ectópica

O diagnóstico de gravidez ectópica é baseado em um exame clínico e em uma série de pesquisa instrumental. As maiores dificuldades representam o diagnóstico de gravidez ectópica progressiva, já que na maioria dos casos essa patologia não é acompanhada por quaisquer características específicas e nos estágios iniciais, é muito fácil perder. O diagnóstico oportuno da gravidez ectópica progressiva permite impedir complicações tão terríveis e perigosas como um aborto de tubo e uma ruptura do tubo de falópio.

Exame clínico

O diagnóstico de gravidez ectópica começa com um exame clínico, durante o qual o médico revela algumas características específicas apontando para uma gravidez ectópica.

Durante o exame clínico, o estado geral da mulher é estimado, a palpação é realizada, percussão (

percussão

) e ausculta, um exame ginecológico é realizado. Tudo isso permite que você crie uma imagem holística da patologia, que é necessária para a formação de um diagnóstico preliminar.

Os dados coletados durante o exame clínico podem diferir em várias etapas da gravidez ectópica. Com uma gravidez ectópica progressiva, um certo atraso do útero em tamanho é observado, um selo pode ser revelado na área de apêndices do lado correspondente ao tubo "grávida" (

que consegue se identificar nem sempre, especialmente nos estágios iniciais

). O exame ginecológico detecta a vagina e o colo do útero cervical. Sinais de gravidez uterina - amolecimento do útero e da antenão, assimetria do útero, a inflexão do útero pode estar ausente.

Quando o tubo umbilical está quebrando, assim como o aborto de tubo, a palidez da pele, batimentos cardíacos rápidos, diminuição da pressão arterial. Ao escalar (

Percussia.

) Na parte inferior do abdômen marcou um embotamento, o que indica um cluster do fluido (

sangue

). A palpação da barriga é muitas vezes difícil, já que a irritação peritoniana causa contração dos músculos da parede abdominal dianteira. O exame ginecológico revela mobilidade excessiva e amolecimento do útero, dor severa no estudo do colo do útero. Pressionando no arco traseiro da vagina, que pode ser alisado, causa dores agudas (

Em contraste com o aborto espontâneo durante a gravidez uterina, quando as dores são baixadas, e as alocações são abundantes

"Creek Douglas"

Procedimento de ultra-som

Procedimento de ultra-som (

Ultra-som

É um dos métodos mais importantes de exame, que permite diagnosticar uma gravidez ectópica em tempo razoavelmente, e que é usado para confirmar este diagnóstico.
  • Os seguintes sinais permitem diagnosticar a gravidez ectópica:
  • um aumento no corpo do útero;
  • espessamento da membrana mucosa do útero sem a detecção de um ovo fetal;
  • detecção de educação heterogênea no campo de apêndices uterinos;

Ovo de fruta com embrião fora do útero.

Um estudo de ultra-som transvaginal tem uma importância diagnóstica especial, que permite identificar a gravidez após 3 semanas após a ovulação, ou dentro de 5 semanas após a última menstruação. Este método de exame é amplamente praticado em departamentos de emergência e é extremamente sensível e específico.

Diagnósticos de ultra-som possibilitam identificar a gravidez uterina, cuja presença na esmagadora maioria torna possível eliminar a gravidez ectópica (

Casos de desenvolvimento simultâneo de gravidez uterina e ectópica normal são extremamente raros

). O sinal absoluto da gravidez uterina é a detecção de um saco gestacional (

O termo usado exclusivamente em diagnósticos de ultrassonografia

), a saco de gema e embrião na cavidade uterina.

) Na parte inferior do abdômen marcou um embotamento, o que indica um cluster do fluido (

Além do diagnóstico de gravidez ectópica, o exame de ultra-som permite que você detecte a ruptura do tubo uterino, o acúmulo de fluido livre na cavidade abdominal (

), Acumulação de sangue no lúmen do tubo uterino. Além disso, este método permite realizar diagnóstico diferencial com outros estados que podem causar uma clínica aguda do abdômen.

O exame de ultra-som periódico está sujeito a mulheres que estão no grupo de risco, bem como mulheres com fertilização extracorpórea, como têm a chance de desenvolver a gravidez ectópica dez vezes maior.

O nível de gonadotropina coriônica

A gonadotropina coriônica é um hormônio, que é sintetizado pelos tecidos da placenta, e o nível de que é gradualmente crescendo durante a gravidez. Normalmente, sua concentração aumenta duas vezes a cada 48 - 72 horas. Com a gravidez ectópica, o nível de gonadotropina coriônica aumentará muito mais lento do que com a gravidez normal.

Determinar o nível de gonadotropina coriônica é possível com a ajuda de testes expressos para gravidez (

para o qual uma porcentagem bastante alta de falsos resultados negativos é caracterizada

), bem como por uma análise laboratorial mais detalhada, que permite estimar sua concentração na dinâmica.

Testes de gravidez

Permitido por um curto período de tempo para confirmar a gravidez e construir uma estratégia diagnóstica em suspeita de uma gravidez ectópica. No entanto, em alguns casos, a gonadotropina coriônica pode não ser detectada por esses testes. O aborto da gravidez, que ocorre quando o aborto de tubo e quebras do tubo interrompe os produtos desse hormônio, e, portanto, durante as complicações do teste de gravidez podem ser falsos negativos.

A determinação da concentração de gonadotropina coriônica é particularmente valiosa em agregada com ultrassonografia, pois permite considerar mais corretamente os sinais encontrados no ultra-som. Isto é devido ao fato de que o nível deste hormônio depende diretamente do período de desenvolvimento gestacional. Comparação de dados obtidos com exame de ultra-som e depois de analisar a gonadotropina coriônica, permite julgar o curso da gravidez.

Nível de progesterona

Determinar o nível de progesterona no plasma sanguíneo é outra maneira de diagnósticos laboratoriais de gravidez incorretamente. Sua baixa concentração (

abaixo de 25 ng / ml

) Indica a presença de patologia da gravidez. A redução do nível de progesterona abaixo de 5 ng / ml é um sinal de um feto não visual e, independentemente da localização da gravidez, indica sempre qualquer patologia.
  • O nível de progesterona tem os seguintes recursos:
  • não depende do período de desenvolvimento gestacional;
  • Permanece relativamente constante durante o primeiro trimestre da gravidez;
  • Com inicialmente o nível anormal, não retorna à norma;
 

não depende do nível de gonadotropina coriônica.

No entanto, este método não é específico e sensível, por isso não pode ser aplicado separadamente de outros procedimentos de diagnóstico. Além disso, com uma fertilização extracorpórea, ele perde o seu valor, uma vez que com este procedimento, seu nível pode ser aprimorado (

Em contraste com o aborto espontâneo durante a gravidez uterina, quando as dores são baixadas, e as alocações são abundantes

No contexto do aumento da secreção pelos ovários devido à estimulação anterior da ovulação, ou no contexto da administração artificial de preparações farmacológicas contendo progesterona Punção da cavidade abdominal através do arco vaginal traseiro ( )

Coldocentsis.

A punção da cavidade abdominal através do arco vaginal traseiro é usada na imagem clínica de um abdômen agudo com suspeita de gravidez ectópica e é um método que permite diferenciar essa patologia de vários outros.

Com uma gravidez ectópica da cavidade abdominal, é obtido sangue não-peculiar escuro, que não afunda quando colocado em um vaso de água. O exame microscópico revela navigações de corão, partículas de tubos uterinos e endometrial.

Em conexão com o desenvolvimento de métodos diagnósticos mais informativos e modernos, incluindo

Laparoscopia

A punção da cavidade abdominal através do arco traseiro da vagina perdeu seu valor diagnóstico.

Raspagem diagnóstica da uterina

A raspagem diagnóstica da cavidade uterina seguida de estudos histológicos do material obtido aplica-se apenas no caso de uma anomalia comprovada do aborto (

Baixa progesterona ou gonadotropina horiônica

), para diagnóstico diferencial com aborto espontâneo incompleto, bem como com a relutância ou impossibilidade de continuar a gravidez.
  • Para a gravidez ectópica, as seguintes alterações histológicas são detectadas no material resultante:
  • Transformação endometrial decidual;
  • Falta de aldeia de chorion; Codificadores atípicos de células endometriais ( Parte do tubo localizado 15 - 20 mm antes da entrada do útero
 

O fenômeno da Arias Stella

Apesar do fato de que o diagnóstico

Paginação do útero

É um método de diagnóstico bastante eficiente e simples, pode ser enganoso no caso de desenvolvimento simultâneo de gravidez uterina e ectópica.

Laparoscopia

A laparoscopia é um método cirúrgico moderno que permite realizar intervenções minimamente invasivas sobre órgãos abdominais e pequenos da pelve, bem como operações de diagnóstico. A essência desse método deve ser introduzida através de uma pequena incisão na cavidade abdominal de uma ferramenta especial de um laparoscópio, equipada com um sistema de lentes e iluminação, o que permite avaliar visualmente o estado dos órgãos em estudo. Com a gravidez ectópica, a laparoscopia torna possível considerar os tubos uterinos, o útero, a cavidade da pequena pelve.
  • Para a gravidez ectópica, são identificadas as seguintes alterações nos órgãos genitais internos:
  • espessamento de tubos uterinos;
  • cor azul-carmesim dos tubos uterinos;
  • Ruptura de tubo de energia;
  • Ovo de fruta em ovários, glândula ou outro órgão;
  • sangramento do lúmen do tubo uterino;

Acúmulo de sangue na cavidade abdominal.

A vantagem da laparoscopia é bastante alta sensibilidade e especificidade, baixo grau de lesão, bem como a possibilidade de realizar a interrupção operacional da gravidez ectópica e eliminar o sangramento e outras complicações imediatamente após o diagnóstico.

A laparoscopia é mostrada em todos os casos de gravidez ectópica, bem como se é impossível colocar um diagnóstico preciso (

Em contraste com o aborto espontâneo durante a gravidez uterina, quando as dores são baixadas, e as alocações são abundantes

Como o método de diagnóstico mais informativo

Tratamento da gravidez ectópica

É possível ao nascimento de uma criança com gravidez ectópica?

O único órgão no corpo de uma mulher que pode fornecer um desenvolvimento adequado do feto é um útero. O apego do ovo de frutas a qualquer outro órgão é repleto de um distúrbio de energia, uma mudança na estrutura, bem como uma pausa ou dano a este órgão. É por essa razão que uma gravidez ectópica é uma patologia na qual a incubação e o nascimento da criança é impossível.

Até o momento, não há maneiras de remédio que permitam entrar na gravidez ectópica. Na literatura, vários casos são descritos quando, com essa patologia, foi possível transmitir crianças ao período que é compatível com a vida no ambiente externo. No entanto, em primeiro lugar, tais casos são possíveis apenas em uma camada extremamente rara de circunstâncias (

um caso para várias centenas de milhares de gravidezes ectópicas

), Em segundo lugar, eles são conjugados com risco extremamente alto para a mãe, e em terceiro lugar, há uma possibilidade de formação de patologias para o desenvolvimento do feto.

Assim, a eclosão e o nascimento de uma criança durante a gravidez ectópica é impossível. Como essa patologia ameaça a vida da mãe e é incompatível com a vida do feto, a solução mais racional é a interrupção da gravidez imediatamente após diagnosticar.

É possível tratamento da gravidez ectópica sem cirurgia?

Historicamente, o tratamento da gravidez ectópica foi limitado apenas pela intervenção cirúrgica com a extração do feto. No entanto, com o desenvolvimento da medicina, alguns métodos de tratamento não funcionamento dessa patologia foram propostos. A base de tal terapia é a nomeação do metotrexato - uma droga, que é antimetabólito, capaz de alterar os processos sintéticos na célula e causar atrasos celulares. Esta droga é amplamente utilizada em oncologia para o tratamento de vários tumores, bem como suprimir a imunidade durante o transplante de órgãos.

O uso de metotrexato para o tratamento da gravidez ectópica é baseado em sua exposição ao tecido fetal e seus órgãos embrionários com parada de seu desenvolvimento e subsequente rejeição espontânea.

O tratamento médico usando o metotrexato tem uma série de vantagens sobre o tratamento cirúrgico, pois permite reduzir o risco de sangramento, reduz os ferimentos de tecidos e órgãos, reduz o período de reabilitação. No entanto, este método não é privado das deficiências.
  • Ao usar o metotrexato, os seguintes efeitos colaterais são possíveis:
  • náusea;
  • vômito;
  • estomatite;
  • diarréia;
  • patologia do estômago;
  • tontura;
  • dano do fígado; Supressão da função de medula óssea ( Autoridades com área suficiente e fornecimento de sangue
  • Frado com anemia, diminuição da imunidade, sangramento
  • dermatite;
  • pneumonia;
  • calvície;
Direcionando o tubo uterino com gravidez progressiva.
  • O tratamento da gravidez ectópica Metotrexato é possível nas seguintes condições:
  • gravidez ectópica confirmada; Paciente hemodinamicamente estável ( Autoridades com área suficiente e fornecimento de sangue
  • Sem sangramento
  • O tamanho do ovo de frutas não excede 4 cm;
  • falta de atividade cardíaca do feto no exame ultra-som;
  • a ausência de sinais de ruptura do tubo uterino;
O nível de gonadotropina coriônica é inferior a 5000 Me / ml.
  • O tratamento por metotrexato é contra-indicado nas seguintes situações:
  • O nível de gonadotropina coriônica está acima de 5000 Me / ml;
  • a presença da atividade cardíaca do feto sob exame ultra-som;
  • hipersensibilidade ao metotrexat;
  • amamentação;
  • estado de imunodeficiência;
  • tontura;
  • alcoolismo; leucopenia ( Autoridades com área suficiente e fornecimento de sangue
  • Pequeno número de sangue branco taurus trombocitopenia ( Autoridades com área suficiente e fornecimento de sangue
  • Pequeno número de trombócitos anemia ( Autoridades com área suficiente e fornecimento de sangue
  • Pequeno número de taurus de sangue vermelho
  • infecção pulmonar ativa;
  • úlcera estomacal;

Rim de patologia.

O tratamento é realizado por parenteral (

intramuscular ou intravenosa

) A introdução da droga que pode ser única, e pode continuar dentro de alguns dias. Todo o período de tratamento está sob supervisão, uma vez que ainda existe um risco de ruptura do tubo uterino ou outras complicações.

A eficácia do tratamento é estimada medindo o nível de gonadotropina coriônica na dinâmica. Reduzi-lo em mais de 15% do valor inicial por 4-5 dias após a administração do medicamento indica o sucesso do tratamento (

Durante os primeiros 3 dias, o nível de hormônio pode ser elevado

). Em paralelo com a medição deste indicador, a função dos rins, fígado, medula óssea é monitorada.

Na ausência de um efeito da terapia medicamentosa com a ajuda de metotrexato, a intervenção cirúrgica é atribuída.

O tratamento com metotrexato está associado a muitos riscos, já que a droga é capaz de afetar negativamente alguns dos órgãos vitais de uma mulher, não reduz o risco de ruptura do tubo de falópio até a completa cessação da gravidez, e além disso, nem sempre eficaz. Portanto, o principal método de tratamento da gravidez ectópica ainda é uma intervenção cirúrgica.

É necessário entender que o tratamento conservador nem sempre produz um efeito terapêutico esperado e, além disso, algumas complicações podem ser vendidas devido ao atraso da intervenção cirúrgica, como uma pausa, aborto de tubo e sangramento maciço (

Para não mencionar os efeitos colaterais do mais metotrexato

).

Cirurgia

Apesar das possibilidades de terapia não operatória, o tratamento cirúrgico ainda continua sendo o principal método de travar as mulheres com a gravidez ectópica. A intervenção cirúrgica é mostrada a todas as mulheres que descobriram a gravidez ectópica (

ambos desenvolvendo e interrompido

).
  • O tratamento cirúrgico é mostrado nas seguintes situações:
  • desenvolver gravidez ectópica;
  • gravidez ectópica interrompida;
  • Aborto de tubo;
  • Ruptura de tubo de energia;
Sangramento interno.
  • A escolha de táticas cirúrgicas é baseada nos seguintes fatores:
  • idade do paciente;
  • o desejo de ter uma gravidez no futuro;
  • Estado do tubo uterino ao lado da gravidez;
  • estado do tubo uterino do lado oposto;
  • Localização da gravidez;
  • O tamanho do ovo fetal;
  • condição geral do paciente;
  • perda de sangue; o estado dos órgãos de uma pequena pelve ( que é especialmente importante na presença de outras violações

Processo de segurança.

Com base nesses fatores, a escolha da operação cirúrgica é realizada. Com um grau significativo de perda de sangue, uma condição seriamente geral do paciente, bem como no desenvolvimento de algumas complicações, a laparotomia é realizada - uma operação com uma seção ampla, que permite ao cirurgião parar de sangramento mais rápido e estabilizar o paciente . Em todos os outros casos, a laparoscopia é utilizada - a intervenção cirúrgica, na qual, através de pequenos cortes na parede abdominal frontal, manipuladores e um sistema óptico são introduzidos na cavidade abdominal, permitindo uma série de procedimentos.
  • O acesso laparoscópico permite que os seguintes tipos de operações realizem: Salpingotomia ( Saída do tubo uterino com a extração do feto, sem remoção do próprio tubo ).
  • A salpingotomia permite que você preserve o tubo uterino e sua função reprodutiva, que é especialmente importante na ausência de crianças ou durante danos ao tubo do outro lado. No entanto, esta operação é possível apenas com pequenos tamanhos do ovo fetal, bem como com a integridade do próprio tubo no momento da operação. Além disso, a salpingotomia está associada a um risco aumentado de reeducação da gravidez ectópica no futuro. Salpingectomia ( Saída do tubo uterino com a extração do feto, sem remoção do próprio tubo Remoção do tubo uterino junto com a fruta implantável

A salpingctomia é um método radical em que o tubo uterino "grávida" é removido. Este tipo de intervenção é mostrado na presença de uma gravidez ectópica na história da doença da mulher, bem como os tamanhos do ovo fetal mais de 5 cm. Em alguns casos, é possível não completar a remoção de tubos , mas apenas a excisão da parte danificada, que permite até certo ponto manter sua função em certa medida.

É necessário entender que, na maioria dos casos, a interferência na gravidez ectópica é realizada com urgência para eliminar o sangramento e eliminar os efeitos do aborto ou ruptura do tubo, para que os pacientes caiam em uma tabela operacional com uma preparação preliminar mínima. Se estamos falando de uma operação planejada, as mulheres são pré-preparadas (

ambos desenvolvendo e interrompido

A preparação é realizada no departamento ginecológico ou cirúrgico, uma vez que todas as mulheres com gravidez ectópica estão sujeitas à hospitalização imediata.
  • A preparação para a operação consiste nos seguintes procedimentos:
  • entrega de sangue para análise geral e bioquímica;
  • Definição de grupo sanguíneo e fator rhesus;
  • Eletrocardiograma;
  • realização de pesquisa de ultrassom;

Terapeuta de consulta.

Período pós-operatório.

O período pós-operatório é extremamente importante para a normalização do estado da mulher, para eliminar alguns fatores de risco, bem como para reabilitação de função reprodutiva.

Durante o período pós-operatório, é realizado o monitoramento hemodinâmico, e uma introdução é realizada.

,

Preparações de pacote

Antibióticos

fundos anti-inflamatórios. Depois de laparoscópico (

minimamente invasivo

As operações de mulheres podem ser descarregadas dentro de um a dois dias, mas após laparotomia, a hospitalização é necessária durante todo o período de tempo.

Após a realização de interferência cirúrgica e a remoção do ovo fetal, é necessário controlar a gonadotrofina coriônica semanalmente. Isto é devido ao fato de que, em alguns casos, fragmentos do ovo fetal (

Fragmentos de CHORIONE.

) Não pode ser completamente removido (

Depois de operações que preservam o tubo uterino

) Ou podem ser listados em outros órgãos. Este estado é potencialmente perigoso, uma vez que o tumor - corionepiteloma pode começar a se desenvolver de células de corião. Para a prevenção deste, o nível de gonadotropina coriônica é realizado, o que é normal diminuir em 50% nos primeiros dias após a operação. Se isso não acontecer - o metotrexato é prescrito, o que é capaz de suprimir o crescimento e o desenvolvimento desse corpo embrionário. Se depois desse nível de hormônio não for reduzido, há uma necessidade de uma transação radical com a remoção do tubo uterino.

No período pós-operatório são prescritos fisiotocredreders (

Eletroforese, Magnetoterapia

), que contribuem para uma restauração mais rápida da função reprodutiva, e também reduz a probabilidade do desenvolvimento do processo adesivo.

A nomeação de contraceptivos orais combinados no período pós-operatório tem dois objetivos - estabilização da função menstrual e prevenindo a gravidez nos primeiros 6 meses após a cirurgia, quando o risco de desenvolver várias patologias da gravidez é extremamente alto.

Prevenção da gravidez ectópica

O que devo fazer para evitar a gravidez ectópica?
  • Para reduzir a probabilidade de gravidez ectópica, as seguintes recomendações devem ser seguidas:
  • a tempo de tratar doenças infecciosas dos órgãos genitais;
  • periodicamente sofrer um exame de ultra-som ou doar sangue para o nível de fertilização incenso de gonadotropina coriônica in vitro;
  • Passe testes para infecções sexuais ao alterar o parceiro;
  • Use contraceptivos orais combinados para evitar a gravidez indesejada;
  • tratar oportunamente órgãos internos;
  • coma direito;

Corrigir distúrbios hormonais.

O que deve ser evitado para prevenir a gravidez ectópica?
  • Para evitar a gravidez ectópica, recomenda-se evitar:
  • patologias inflamatórias inflamatórias dos órgãos genitais;
  • infecções genitais;
  • vida sexual desordenada;
  • uso de contraceptivos de progestestação;
  • estresse;
  • Estilo de vida sentado;
  • fumar e outras influências tóxicas;
  • um grande número de operações nos órgãos abdominais;
  • múltiplos abortos;

Fertilização extracorpórea. Data de publicação 12 de abril de 2018. Atualizada

23 de março de 2021.

73368. Definição da doença. Causas da doença

(Gravidez ectópica) - Patologia em desenvolvimento devido à implantação e desenvolvimento do ovo de fruta não está no útero, mas além. Na maioria das vezes, o apego do óvulo fertilizado ocorre nos tubos de falópio. Em casos raros, é anexado aos ovários, ladra rudimentar do útero, o canal cervical. Ainda menos muitas vezes acontece intraligativo (entre ligamentos) e na cavidade abdominal. O crescimento do embrião, localização em qualquer desses órgãos, pode levar à sua ruptura, que é um estado ameaçador de saúde reprodutiva e até mesmo para a vida de uma mulher. No momento, a gravidez ectópica ocupa um dos primeiros lugares entre as doenças que levam ao sangramento intra-pintura [1]

Mattery1.jpeg.

Causas da gravidez ectópica

A mortalidade com essa patologia atinge 7,4%.

  • A causa da maioria dos casos de gravidez ectópica é uma violação da função peristáltica de um epitélio solicular cilíndrico, alinhando os tubos de falópio. Os seguintes fatores podem contribuir para isso:
  • anomalias do desenvolvimento de órgãos genitais;
  • Infantilismo sexual (desenvolvimento insuficiente dos órgãos genitais) - os tubos de falópio são longos, estreitos e complicados, o que torna difícil para a passagem do ovo fertilizado;
  • Transferir interrupções cirúrgicas e medicamentosas levam a danos à membrana mucosa; Recurny da gravidez ectópica [2]
  • (Se o plástico do tubo uterino foi realizado);
  • O processo inflamatório no aparelho do útero leva à formação de adesões (obstáculos) no caminho do ovo em movimento, o rearranjo também é violado - a redução dos tubos uterinos, que contribui para a promoção de um ovo fertilizado; Endometriose I. adenomiose.
  • Eles afetam a qualidade do ovo, o reoppoter correto dos tubos uterinos e danificam o útero;
  • gravidez ocorrendo após esterilização cirúrgica (curativo de tubo uterino);
  • Os fracassos monomais domor levam à distância do trabalho de órgãos genitais femininos - ocorre, mas o embrião não pode se conectar à endometria não pode e implantado fora do útero;
  • Patologias ginecológicas combinadas; A ocorrência de tumores e formações tumorais [8]
  • no útero e seus apêndices, órgãos abdominais; Condições prejudiciais e duras, trabalham no turno da noite - o trabalho do sistema endócrino é perturbado ;
  • [9]

Fumar - a nicotina afeta negativamente a qualidade dos oócitos e perturba a função contrátil dos tubos uterinos. também em Grupo de risco Há mulheres que colidiram com a gravidez ectópica mais cedo e usando a espiral intra-uterina .

[45]

Existe a chance de suportar uma criança com gravidez ectópica

Tentativas de manter a gravidez ectópica são repletas de complicações graves. Entre eles: sangramento intra-abdominal, choque hemorrágico e a morte do paciente. Ao identificar a patologia, a hospitalização e o aborto de emergência são necessários.

Quando o tubo de phallopyan quebra A ruptura do tubo uterino, por via de regra, ocorre em um final de : 4-6 semanas. .

[12] Se o tubo uterino rasgado na gravidez posterior

Desenvolvimento de um ovo de fruta fora

, então a perda de sangue é mais forte e o risco de morte de uma mulher é maior.

Quando você encontra sintomas semelhantes, consulte o seu médico. Não se auto-medicado - é perigoso para a sua saúde!

Sintomas da gravidez ectópica

Se a menstruação ocorre durante a gravidez ectópica

Os primeiros sinais da manifestação da gravidez ectópica incluem o atraso na menstruação, mas a descarga sangrenta ou acastanhada "carga" da vagina é possível.

Sinais de gravidez ectópica progressiva A gravidez ectópica progressiva antes do surgimento de complicações é semelhante à gravidez da localização uterina, acompanhada por sintomas clínicos muito escassos. [dez]

Muitas vezes, apenas um estudo de ultrassom se torna o ponto de partida para o diagnóstico. Uma mulher tem sensações dolorosas intermitentes de intensidade diferente na parte inferior do abdômen com a propagação do reto, o aumento e a carga do peito ("seio de pedra"), sintomas de toxicose.  

[onze]

Uma característica característica desta patologia é a dolorção do abdômen no local de anexar um ovo fetal. De muitas maneiras, os sintomas e sinais de gravidez ectópica são determinados pela localização e pela fase de desenvolvimento do embrião.

Sinais da ruptura do tubo uterino

Os sinais clínicos mais agudos dessa patologia aparecem quando uma gravidez ectópica é complicada pela ruptura do tubo de falópio. Ao mesmo tempo, a hemorragia ocorre na cavidade abdominal e dor no estômago ocorre.

Sinais de aborto de tubo

Com aborto de tubo, o ovo de fruta é de forma independente do tubo, é acompanhado por sangramento e forte dor abdominal. Com aborto de tubo, a dor é mais forte do que quando o tubo uterino quebra.

Patogênese da gravidez Na ausência de fatores patológicos, os núcleos do óvulo e espermatozóides são mesclados na região ampular de tubos de phallopy, então a migração já é um óvulo fertilizado, e é implantado na cavidade uterina. A função de transporte é realizada pelo epitélio de cílios, cobrindo tubos de phalopium (uterina). Como resultado, o risco de desenvolver gravidez ectópica aparece devido à violação ou redução dos peristais epiteliais. [Treze]

As psicosomáticos estuda os padrões de influência do estado psicológico de uma pessoa em saúde. Supressão de emoções negativas, decisões tomadas contra a sua vontade, não encontrando a saída da experiência ganho físico. As mulheres são vulneráveis ​​a uma esfera para engravidar que sofre primeiro.

Capacidade para o feto, se o tipo de tubo de gravidez for formado diretamente das conchas de tubos de phallopy. Há mulheres que colidiram com a gravidez ectópica mais cedo e usando a espiral intra-uterina .

O feto durante a gravidez ectópica às vezes vive a algumas semanas. No entanto, fora do útero, ele não recebe o suprimento de sangue necessário e morre antes que possa viver por conta própria

Classificação e etapas do desenvolvimento da gravidez ectópica

Os sinais fundamentais da classificação clínica da gravidez ectópica são considerados a localização e o quadro clínico da doença. Localização

Gravidez ectópica acontece: 1. tubular

(98%) - caracterizado pelo apego do ovo fetal na partida do tubo uterino (ampulares, prepúcios, departamentos intersticiais e fimbrianos); 2. ICHOVNIKOVA.

(0,1-0,7%) - intrafolicular (a célula de ovos é drenada com espermatozóides no folículo ovulado) ou epiofolicular (apego e desenvolvimento do ovo de fruta na superfície do ovário); 3. Gravidez no rog rudimentar útero (0,1-0,9%) - é possível na presença de anomalias para o desenvolvimento deste corpo; Em tal chifre, a parede muscular não é bem desenvolvida, que é capaz de deixar e desenvolver sangramento; [14]

No entanto, a literatura registrou situações em que o resultado dessa gravidez foi favorável; quatro. abdominal

(0,3-0,4%) - Ovo fertilizado é ligado à cavidade abdominal, implantada aos intestinos, ferramenta, peritônio e seus órgãos; cinco. Shacking.

(0,1-0,4%) - fixação do ovo fetal ao epitélio cilíndrico do colo do útero; 6. Intralyigativo

(0,1%) - o ovo de frutas é ligado entre as folhas de ligamentos uterinos largos devido à ruptura do tubo uterino; 7. Gravidez B. O culto do tubo uterino (0,08-0,1%);

[15] 8. heterotopic - um ovo de frutas é ligado ao útero e outro fora da sua cavidade; [17] [dezoito] Patologia rara [16]

Aviso

No entanto, sua frequência aumenta significativamente devido ao processo de desenvolvimento de métodos de reprodução auxiliares. Também na literatura descreve situações que não caem sob um dos itens de classificação: anexando o ovo fertilizado à cavidade uterina na área da cicatriz da cesárea [19] [20] E localização intramural (parede) .

[21] Localização

Pelo fluxo clínico e) ;

Progressivo b) :

  • interrompido
  • Aborto de tubo;

Quebra de tubo de energia.

Complicações da gravidez ectópica

Gravidez ectópica, independentemente da localização, é repleta de complicações formidáveis! Qualquer suspeita de gravidez ectópica requer consulta do ginecologista e hospitalização emergencial no hospital. E localização intramural (parede)

Localização da gravidez ectópica

O resultado mais comum da gravidez ectópica é sangramento maciço dentro da cavidade abdominal. Os pacientes neste caso requerem terapia operacional de emergência, hemostasia intraoperatória e externa (pare de sangrar com spp, transcases) e também é necessário restaurar a quantidade de sangue circulante.

  • Muitas vezes, uma gravidez ectópica é complicada pela ruptura do tubo de Falópio, ao qual o ovo de frutas foi implantado. Neste caso, a mulher mostrará os sintomas do "abdômen agudo":
  • dor aguda súbita no abdome inferior, espalhando-se para o reto, região lombar, membros inferiores;
  • Floresçando ou sangrando da vagina, muitas vezes bastante abundante;

Pode ser boca seca, fraqueza geral, tontura devido à redução da pressão arterial, mesmo perda de consciência.

De acordo com o fluxo clínico, a gravidez conduzida é semelhante à apoplexia do ovário (hemorragia no ovário), por isso é necessário realizar um diagnóstico diferencial claro e a tempo de ajudar na íntegra.

Durante o desenvolvimento da gravidez na cavidade abdominal, uma mulher pode não fazer reclamações antes de um determinado período. No entanto, mais tarde, o paciente está ativamente reclamando de fraqueza geral, desmaio, tontura, sensações dolorosas no fundo do abdômen. Mais tarde, os sintomas do desenvolvimento da anemia são unidos - a pele pálida e as membranas mucosas da boca são pálidas. Isto é devido à compressão e / ou danos aos vasos da cavidade abdominal de pequeno ou médio calibre. Hemorragia interna surgem como resultado da germinação de grandes embarcações de marinha de corião. Ao anexar um ovo no lugar com uma escassa suprimento de sangue para um ovo de frutas morre. Se a fruta é implantada em uma boa área de bloodwall, é possível continuar o desenvolvimento da gravidez, no entanto, é raro ao prazo da gestação normal. Os sintomas para a gravidez abdominal é muito variável, a diferença entre as manifestações depende do local de fixação do óvulo fertilizado e no grau de dano aos órgãos internos.

O quadro clínico da gravidez cereal depende do período de gestação (o número total de semanas de gravidez) e o nível de fixação do óvulo fertilizado. Vale ressaltar que a dor com tais mulheres da gravidez observam extremamente raramente, os sinais mais característicos estão sangrando da vagina, às vezes bastante abundantes, muitas vezes profusos (muito fortes). O tipo cervical de gravidez é particularmente perigoso para pacientes com vida e saúde: O colo do útero tem um bom suprimento de sangue, portanto os riscos do desenvolvimento de sangramento maciço, síndrome trombomórica (síndrome de DVS), choque hemorrágico é muito maior! Por via de regra, o desenvolvimento da gravidez cereal ocorre até 8-12 semanas.

A gravidez ovariana é frequentemente interrompida nos primeiros prazos, em casos extremamente raros atinge o segundo trimestre. A clínica neste caso é semelhante à imagem quando o tubo quebra devido à gravidez do tubo. A complicação da gravidez ocorre no ovário quando o tecido corporal quebra e sangramento subseqüente. Gravidez no Rudimentar Rog Uterka raramente atinge um período significativo de gestação, mas há casos em que essa gravidez atingiu e prazos mais graves [22] E até mesmo terminou com a entrega [23] [24]

. A gravidez rudimentar é também semelhante à clínica com um tubular, é interrompido pelo tipo de explosão dos ovos de extinção do ovo fertilizado, com a aparência característica de sangramento abundante e a clínica de choque hemorrágico.

Diagnóstico de Gravidez ectópica

Por que quando a gravidez suspeita você precisa ir ao médico

Naturalmente, esses métodos são aceitáveis ​​apenas em situações de emergência, nas condições de acessibilidade de ultrassonografia e laboratório, esses métodos só podem atuar como adicional.

Quando o atraso da menstruação em 8-10 dias, um ginecologista deve ser visitado. Isso ajudará a excluir o risco de gravidez ectópica. Além disso, o médico indicará as análises necessárias que impedirão possíveis complicações de outras doenças. Por via de regra, se ocorrer atrasos da menstruação, as mulheres realizam independentemente um teste de gravidez antes de se candidatar ao médico. Um método mais informativo nesta fase será a definição Nível de gonadotropina coriônica (β-xg, hgch) [26] No sangue gerado durante a gravidez. Os valores de referência desse hormônio na gravidez uterina são em grande parte diferentes dos mesmos valores para a gravidez ectópica - tal diferença ajudará a restringir a pesquisa de diagnóstico. [27] O aumento insuficiente do HCG pode testemunhar não apenas sobre a gravidez ectópica, mas também sobre o comprometimento da gravidez uterina.  

[28] Nível de progesterona

Também diferirá significativamente. Uma avaliação e interpretação dos resultados da análise estão envolvidas em um ginecologista.

Exame clínico Infelizmente, para diagnosticar uma gravidez ectópica ao pequeno tempo é bastante difícil devido ao fato de que os sintomas clínicos são semelhantes ao curso habitual da gravidez, quando o desenvolvimento do ovo de frutas prossegue na região do útero. [25]

A história da vida e os dados sobre patologias ginecológicas são componentes importantes para o diagnóstico.

Sangramento em caso de gravidez ectópica

Com um exame bimanual, o ginecologista descobre um útero ligeiramente ampliado, macio e móvel, na projeção do útero, produz palpação de educação passada, que pode ser móvel com contornos fuzzy ou uma coerência arredondada. Durante o deslocamento do útero, uma afiada sensação dolorosa com irradiação na passagem traseira é detectada. A inspeção das membranas mucosas da vagina e do colo do útero nos espelhos podem revelar a cianosidade (Silahiness). Identificando os sinais iniciais característicos da gravidez - o sintoma de Hegare (suavizando o útero na região do cowith) e o sinal do Piscal (protrusão da uterina da forma assimétrica em forma de cúpula) - indica o fracamente-cama ou não em todo resultado negativo.

Procedimento de ultra-som Um método bastante eficaz para determinar a localização do óvulo fertilizado é ultra-som com um sensor transvaginal. [29]

O ultra-som precisa ser feito a uma taxa de gravidez de 8 semanas. Durante a pesquisa de ultra-som, não apenas sinais ecográficos de gravidez podem ser identificados e determinar a quantidade de líquido na cavidade abdominal e o espaço de Douglas, que é um fator predeterminante na resolução da questão da intervenção operacional. Os sinais ecográficos mais confiáveis ​​são os paramédicos identificados com contornos desiguais e difusos, e a condução de dopplerografia permitirá que você distinguir um falso ovo de fruta.  

[trinta]

Punção da cavidade abdominal através do arco traseiro da vagina (culdentsis)

Como parte do diagnóstico da gravidez ectópica, este método é considerado obsoleto. É usado apenas se não houver possibilidade de fazer ultra-som.

Raspagem diagnóstica da uterina Laparoscopia diagnóstica Talvez a técnica mais informativa necessária para o diagnóstico. [31] [32] [33] Na época do cirurgião, o arranjo do embrião é capaz de visualizar o arranjo da cavidade abdominal, lança os picos, para realizar a terapia operacional.  

[34]

Diagnóstico diferencial No estágio de culinária, é realizado com a ameaça de aborto, metrragia disfuncional; Com síndrome da dor aguda - com apoplexia do ovário, pelvipoperitonite, pernas torcidas Cistos ovarianos.

apendicite, perfuração do órgão oco.

Tratamento da gravidez ectópica

Quando você precisa consultar um médico

Com suspeita de gravidez ectópica, o paciente deve ser urgentemente hospitalizado.

Cirurgia Principalmente, o tratamento da gravidez ectópica é realizado apenas pela maneira cirúrgica. [35] [36] [37] [38]

A escolha do acesso é laparoscópica ou laparotômica - inicialmente depende do local do curso da gravidez ectópica, desenvolveu complicações (sangramento maciço na cavidade abdominal), as qualificações do cirurgião e equipando o hospital cirúrgico, onde o paciente foi entregue.

Gravidez emascinal em fotos ultra-sônicas

A previsão mais favorável é revelada em mulheres com gravidez ectópica de tubo. A operação de escolha com tal localização da gravidez é mais frequentemente uma tubectomia (remoção do tubo para a qual um ovo fetal ligado). Ao encontrar um ovo fetal no departamento fimbrial é possível conduzir sua evacuação, isto é, a "extrusão" do embrião através da ampola do tubo uterino.

É necessário preservar phallopyes tubos para gravidez ectópica

  1. Em alguns casos, é o significado do cumprimento de uma operação reconstrutiva de violação de órgãos - salpingotomia e remoção de um ovo fetal. A fundamentação de tal intervenção operacional será a presença de um único tubo de enrolamento, bem como a decisão do paciente sobre a preservação da função reprodutiva. No entanto, há uma série de fatores quando a execução de tal operação é impossível:
  2. Se a operação reconstrutiva deste tubo foi realizada anteriormente;

Mudanças estruturais significativas devido à ruptura do tubo. O objetivo desta operação é restaurar a integridade e a passabilidade do tubo uterino. A preferência é dada a um acesso laparoscópico minimamente invasivo para evitar a formação do processo adesivo. Para a profilaxia mais eficaz das aderências, o uso de barreiras anti-poss - géis especiais introduzidos endoscopicamente na cavidade de tubo uterina foi amplamente utilizada. De acordo com estudos [40]

O gel intraoperatório introduzido permanece no tubo por 3-5 dias, o que permite ganhar tempo para restaurar o mesotélio.

  • A complicação da salpingotomia complicada pode ser atribuída:
  • No início do pós-operatório: o desenvolvimento de sangramento do tubo de enrolamento operado durante o primeiro após o dia de operação;

Persistência e desenvolvimento adicional do tecido cômodo (suas células podem permanecer na parede do tubo uterino e continuar a compartilhar após a remoção da gravidez ectópica direta).

  • Complicações de tubectomia concluída podem ser atribuídas:
  • No início do pós-operatório: o fracasso das costuras no útero e sangramento no primeiro dia de pós-operatório; O desenvolvimento da gravidez ectópica é reativado no tubo uterino operado. Risco de cerca de 50%.

[39]

Gravidez no Rogo rudimentar do útero, infelizmente, nem sempre é permitido em favor do paciente. Às vezes, o cirurgião tem que ser recorrido mesmo a uma operação radical - a amputação do útero, mas o diagnóstico oportuno da patologia e a identificação de características fisiológicas da anatomia do útero podem afetar significativamente o resultado. A alvejada tortuosa e cervical da gravidez ainda não havia sido há pouco condenadas aos pacientes incondicionais à remoção incondicional do útero: devido ao fato de que o embrião implantado tem um bom suprimento de sangue, outras tentativas de resolver a gravidez patológica terminada com sangramento maciço e transportado grave conseqüências para a saúde das mulheres. Atualmente, técnicas que ajudam a manter o útero e a possibilidade de implementar uma função de fãs terem aparecido. A ambolização das artérias uterinas é realizada [41]

Como resultado, a corrente sanguínea é reduzida, a nutrição da corião é reduzida. Aspiração a vácuo ou raspagem de um ovo fetal sob controle de UZ é realizado.

Tratamento de medicia Em alguns casos, em um dos estágios, a administração arterial da droga "metotrexato" é uma preparação embriontóxica. [42]

[43]

Além disso, o paciente é paralelo ao paciente, as drogas antibacterianas são prescritas, terapia hemostática e eventos destinados a remover a dor. Concentrando-se na gravidade do Estado, a correção de drogas BCC e contra-ponto é corrigida.

Reabilitação

Depois de interromper a gravidez ectópica, o tratamento de resort de sanatório e a recepção de contraceptivos orais combinados (COC) podem ser nomeados.

As pessoas tratam a gravidez ectópica

Não há métodos populares seguros de se livrar da gravidez ectópica. Seu uso pode levar a um apelo tardio ao médico e à morte de uma mulher.

Previsão. Prevenção

As conseqüências da gravidez ectópica A patologia é perigosa não apenas para a saúde das mulheres, mas também para sua vida: na Rússia 3,6% dos casos de gravidez ectópica terminam com a morte do paciente [46]

Prevenção

. Além disso, é repleto de recaídas e pode levar à infertilidade.

  • Com base nos fatores de risco que levam à gravidez ectópica, você pode compilar uma lista de regras que devem ser observadas por seu aviso:
  • É fundamental preparar-se para a concepção de uma criança, é necessário cumprir um exame completo, que necessariamente inclui uma ultrassonografia transvaginal, a fim de identificar patologias pelo sistema geniturinário, além de esclarecer características de anatomia-fisiológica (um medidor de conselhos) ;
  • Evite relações sexuais duvidosas para impedir o desenvolvimento da infecção, use os meios de contracepção de barreira;
  • É necessário realizar oportuna e adequadamente o tratamento de doenças inflamatórias dos órgãos genitais, para serem observados por um ginecologista e não se envolver em auto-medicação;
  • No caso da necessidade de uma interrupção da gravidez, dê a escolha das técnicas menos traumáticas, execute todas as nomeações do médico no período pós-operatório;
  • Reduza o número de fatores de estresse, se possível, se recuse a trabalhar à noite, respeite pelo regime de trabalho e recreação;

Recusar o tabaco.

Em conformidade com essas regras descomplicadas, a previsão da doença é favorável. Para a conclusão do artigo que agradecemos Oksana Bykovsky.

Add a Comment